sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Ceará defende terceiro lugar da Série B recebendo ameaçado Figueirense

Um duelo entre tradicionais alvinegros que vivem momentos completamente diferentes no Campeonato Série B. Assim pode ser descrito o confronto entre Ceará e Figueirense,
que se enfrentam nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena Castelão. A partida é válida pela 31ª rodada da Segundona e pode mexer tanto com a parte de cima da tabela quanto com a briga contra o rebaixamento.
O Vozão aparece na terceira colocação, com 54 pontos, e vem de uma impressionante série de quatro vitórias, em sete jogos de invencibilidade. Já o Furacão do Estreito segue na briga para fugir da degola, somando os mesmos 35 pontos do Luverdense, que abre o Z4 e fica atrás por conta dos critérios de desempate.Apesar da alegria por conta do grande momento, do moral alto com a importante vitória sobre o Paraná, pela última rodada, e do fator campo, os cearenses pregam por pés no chão e cautela. O técnico Marcelo Chamusca fez questão de ressaltar a importância das próximas oito partidas do Brasileiro e projetou um duelo complicado contra o Figueira.
“Isso foi sendo construído pouco a pouco, pela credibilidade que o time vem ganhando, tendo confiança. A somatória tem feito uma equipe muito forte, jogando em qualquer campo, contra qualquer adversário. Agora temos oito batalhas pela frente”, destacou Chamusca.
“Vai ser um jogo com um grau de dificuldade igual ou maior. Figueirense é um time de camisa, de história, jogou muito tempo na Série A e essa situação deve incomodar todos que formam o quadro do clube. Mas a gente está muito preparado, com o pé muito no chão e vamos nos preparar mais para o jogo de sexta”, acrescentou.
Em termos de escalação, o treinador do Ceará conta com dois retornos importantes. Suspensos no triunfo sobre o Paraná, o goleiro Éverson e o zagueiro Rafael Pereira retomam suas posições entre os titulares. Com isso, Fernando Henrique e Tiago Alves voltam ao banco de reservas, respectivamente.Pelo lado catarinense do duelo, o discurso não poderia ser diferente: “vitória a qualquer custo”. Vindo de derrota como visitante diante do Londrina, o Figueira ainda não sabe o que é vencer fora de casa desde que Milton Cruz assumiu o comando técnico.
“Em casa a gente está atuando bem e fora perdendo por detalhe. Temos que estar mais focados”, cobrou o treinador.
Além da dificuldade de encarar novamente um forte adversário como visitante, Milton Cruz ainda terá que lidar com pelo menos três desfalques. O lateral direito Patrick, o volante Pereira e o centroavante Zé Love estão suspensos após receberem o terceiro cartão amarelo e devem dar lugar a Ferrugem, Dudu Vieira, André Luis ou Ty Sandows, respectivamente.
O zagueiro Marquinhos pode ser outra baixa, já que saiu mais cedo do último compromisso, reclamando de dores musculares. Caso seja barrado pelo departamento médico, o experiente defensor sai para a entrada de Renan Mota, que o substituiu contra os paranaenses.
FICHA TÉCNICA
CEARÁ X FIGUEIRENSE

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 20 de outubro de 2017, sexta-feira
Hora: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Alison Sidnei Furtado (CBF-TO)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (CBF-TO) e Samuel Smith Nobrega Silva (CBF-TO)

CEARÁ: Éverson; Richardson, Luiz Otávio, Rafael Pereira e Romário; Raul, Pedro Ken e Ricardinho; Leandro Carvalho, Lima e Elton
Técnico: Marcelo Chamusca

FIGUEIRENSE: Saulo; Ferrugem, Renan Mota, Leandro Almeida, Ferreira e João Lucas; Zé Antonio, Dudu Vieira e Marco Antonio; André Luis (Ty Sandows) e Jorge Henrique
Técnico: Milton Cruz



FONTE:GAZETA ESPORTIVA

FONE: 34121595 FIXO -  (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ 
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário