sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Cruzeiro passa fácil pelo Vasco e é quem se aproxima do G6

Em duelo direto em busca de aproximação do G6, o Cruzeiro passou fácil pelo Vasco, fazendo 3 a 0 em Volta Redonda, para ser o time a encostar no grupo. 
Com 26 pontos, a Raposa subiu para a sétima colocação, com dois pontos de desvantagem para o sexto, Sport. O Cruz-Maltino segue com 23 e cai para nono. 
Thiago Neves abre o caminho cedo
O Cruzeiro conseguiu uma falta perto da área logo aos dois minutos. Thiago Neves mandou para a área e ninguém desviou: a bola foi passando, passando... Até que morreu no fundo do gol, sem que Martín Silva conseguisse chegar. 
O Vasco não abaixou a cabeça e quase empatou com Paulinho logo na sequência. O jovem recebeu bola fora da área e arriscou de lá mesmo, assustando Fábio. 
Quando os cariocas tentavam achar a resposta, a zaga voltou a comprometer. Rafael Marques errou o tempo de bola e acertou o rosto de Sassá: pênalti. O próprio atacante foi para a bola e fez o 2 a 0. 
Assim como depois que sofreu o primeiro gol, o Cruz-Maltino tentou a resposta imediata. Wagner teve chance na pequena área, mas não conseguiu cabecear bem e a bola saiu. 
Vendo o desespero e a desorganização do rival, a Raposa criava chances de mais gols. Élber tabelou com Sassá, invadiu a área e bateu forte, mas Martín Silva teve reflexo para espalmar. 
Vasco nem esboça reação
As alterações de Milton Mendes não ajudavam o Vasco a se estruturar. A equipe mineira seguia criando boas chances e Bryan só não fez o terceiro porque Rafael Marques evitou. 
O time de Mano Menezes administrava bem a vitória. Mantinha a bola, atacava só na boa e, sem a bola, fechava bem os espaços de um adversário perdido. 
Para confirmar de vez a vitória diante de um rival já entregue, Robinho recebeu de Lucas Silva na área, cortou bem a marcação e marcou com categoria o terceiro tento celeste. 

FONTE :; MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário