sexta-feira, 21 de julho de 2017

Fluminense e Cruzeiro ficam no empate no Giulite Coutinho e seguem fora do G-6

Fluminense e Cruzeiro se enfrentaram no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, nesta quinta-feira, com a chance de terminarem
a parida dentro do G-6 do Campeonato Brasileiro. Porém, o empate por 1 a 1, em duelo válido pela 15ª rodada, impediu que qualquer uma das equipes alcançasse tal grupo na classificação. Sassá deixou os mineiros em vantagem, enquanto Richarlison, de pênalti, deixou tudo igual para os mandantes.
Com o resultado, o Cruzeiro, que poderia terminar o dia na quarta colocação (dependendo do resultado do Botafogo), fica em sétimo, com 22 pontos, um atrás do Palmeiras, que hoje fecha a zona de classificação à Copa Libertadores. Já o Flu, que poderia ficar até em sexto (também dependendo do placar da partida do Botafogo), vai a 21 pontos e figura na nona posição.
A partida ainda marcou reencontro de Thiago Neves com o Fluminense, clube pelo qual teve três passagens e pelo qual se destacou, tendo conquistado um Carioca, uma Copa do Brasil e um Brasileiro. Aliás, o time tricolor foi o seu último no Brasil antes de acertar com o Al Hilal, da Arábia Saudita, em 2013. Ele ainda passou pelo Al-Jazira, dos Emirados Árabes, antes de retornar ao país natal neste ano, ao assinar com o Cruzeiro. 
Pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense receberá o Coirinthians no Maracanã, no domingo, às 16h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Cruzeiro enfrentará o Avaí na Ressacada.
  • Nova ‘sarrada’ e empate com pênalti
A primeira boa chance do jogo foi dos mandantes aos 10min, quando Gustavo Scarpa parou em Fábio em chute cruzado. Cinco minutos depois, o Cruzeiro respondeu: Léo concluiu após cobrança de escanteio de Thiago Neves e mandou por cima do alvo.
Em um duelo pouco agitado até então, os mineiros passariam a assustar com finalizações de longe. Aos 26min, Henrique arriscou, Julio César rebateu e Henrique chegou a tempo de mandar para escanteio. No minuto seguinte foi a vez de Thiago Neves arrematar e ver o goleiro segurar. O meia arriscaria de fora da área também aos 31min, e Julio César espalmou. 
Aos 36min, a bola encontraria a rede. Depois de disputa pelo alto, a bola sobrou na área para Thiago Neves, que tocou para Sassá estufar a rede e comemorar com uma ‘sarrada’. O atacante já havia deixado sua marca no empate com o Flamengo no fim de semana – e celebrara o tento da mesma forma.
O empate quase veio no minuto seguinte, quando Léo aproveitou cobrança de escanteio de  Giustavo Scarpa e parou em grande defesa de Fábio. A igualdade, porém, sairia do quase pouco depois. Aos 39min, Richarlison recebeu bom passe de Wendel, caiu em disputa com Romero na área, e o árbitro Leandro Vuaden assinalou a penalidade. O próprio Richarlison foi para a cobrança e deixou tudo igual.
Na volta do intervalo, a equipe celeste foi para cima e até chegou a acertar a trave com finalização de Thiago Neves, mas o lance já estava parado por impedimento de Diogo Barbosa. Aos 22min, o Flu quase virou com Scarpa desviando após cruzamento e Fábio defendendo em dois tempos. Scarpa ainda teria outra grande chance para ficar com a vitória aos 37min, quando recebeu, invadiu a área e, de frente para a meta, chutou rasteiro à esquerda da meta. O Cruzeiro ainda levaria perigo nos acréscimos, com um cabeceio de Rafael Marques perto da trave esquerda após cobrança de falta de Thiago Neves. 


FONTE :MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário