terça-feira, 11 de julho de 2017

Com a surpreendente contratação de James, Bayern deve ficar ainda mais ofensivo

O Bayern de Munique anunciou a contratação de James Rodríguez, do Real Madrid, por empréstimo de dois anos. Segundo
veículos de imprensa alemães, a cláusula de compra do colombiano é de € 35 milhões, um preço bastante acessível se pensarmos nos € 80 milhões que os merengues pagaram para levá-lo ao Santiago Bernabéu em 2014 vindo do Monaco. James tinha sido artilheiro da Copa o Mundo de 2014. E a sua contratação deve tornar o Bayern de Ancelotti ainda mais ofensivo, pensando na característica do jogador, na forma como o técnico o utilizou e no elenco do time.
“Nós estamos muito felizes que pudemos completar esta transferência. A contrataçção de James Rodríguez foi um grande desejo do nosso técnico Carlo Ancelotti depois dos dois terem trabalhado juntos com sucesso em Madri”, afirmou Karl-Heinz Rummenigge, presidente do Bayern. “James é um jogador versátil. Ele oferece ameaça de gol, chuta muito e com muita precisão. Com sua transferência, nós podemos aumentar a qualidade do nosso time ainda mais”.
Com Carlo Ancelotti na temporada 2014/15, James teve a sua melhor temporada no Real Madrid. Foram 17 gols, com 18 assistências. E olha que existia uma dúvida muito grande sobre o papel do colombiano no time, já que o badalado ataque BBC continuaria como titular. Ancelotti, então, foi fundamental para adaptar o time. Colocou James como um meio-campista ofensivo em um esquema 4-3-3, ao lado de Toni Kroos, mais recuado, e Luka Modric, com o Cristiano Ronaldo, Gareth Bale e Karim Benzema no ataque. Este é o indício de como Ancelotti pode usar James no Bayern.
Com Rafa Benítez e Zinedine Zidane, nas temporadas seguintes, ele ficou distante do time titular. Teve até boas atuações na temporada passada, quando Zidane rodou mais o elenco. Mesmo assim, foi Isco quem aproveitou melhor a chance para chegar ao time titular. Na última temporada, foram oito gols e seis assistências na liga espanhola, e um total de 11 gols e 13 assistências. Foi usado muitas vezes como ponta, mais atacante que meio-campista.
O colombiano, querendo jogar mais, vai para o Bayern de Munique para tentar recuperar o protagonismo que perdeu no Real Madrid. A pergunta que fica é sobre como Ancelotti quer aproveitar James Rodríguez, com as características ressaltadas por Rumenigge. E para isso, temos que olhar para como jogou o Bayern de Ancelotti até aqui.
Sucesso de Pep Guardiola, Carlo Ancelotti manteve o esquema que o catalão utilizava, o 4-3-3. Aos poucos, mudou para um 4-2-3-1, com um meia central mais organizador de jogadas. Esse papel foi muitas vezes assumido por Thiago Alcântara. O esquema, usado eventualmente por Guardiola e com frequência pelo ex-técnico Jupp Heynckes, mas com uma diferença: o meia central do 4-2-3-1 era mais atacante que meio-campista. Era Thomas Müller que por vezes fazia esse papel atrás do centroavante. Thiago tem outra característica e foi até uma das razões do próprio Müller ter perdido espaço com Ancelotti.
A troca de sistema no Bayern de Munique foi feita no final de 2016, próximo à metade da temporada. O 4-3-3 tinha Xabi Alonso mais recuado, como o primeiro homem de marcação e que armava o time de forma mais recuada. No 4-2-3-1, normalmente a formação não tinha Xabi Alonso e colocava jogadores mais rápido e dinâmicos, como Arturo Vidal e o próprio Thiago, mas que variava com a presença de Philipp Lahm e Joshua Kimmich.
Com a aposentadoria de Lahm e Alonso e a contratação de Corentin Tolisso e Sebastian Rudy, além de Renato Sánches, que já estava lá, a tendência é que Ancelotti use o 4-2-3-1 com James centralizado e utilizando os pontas mais rápidos e incisivos. James pode ser meio-campista, mas é mais ofensivo. Thiago, um pouco mais recuado, é um meio-campista completo que dá agilidade e boa saída de bola.

Considerando o preço que o jogador tem estipulado no contrato de empréstimo, € 35 milhões, é uma boa contratação para o Bayern de Munique, em um mercado maluco. James não rendeu o que se esperava nos últimos dois anos, mas o pedido de Ancelotti foi pelo jogador, com quem trabalhou, e isso indica que ele sabe como utilizá-lo. Ao menos tem uma ideia para isso. James tem uma grande chance de mostrar serviço em um dos times mais fortes da Europa. Aos 25 anos, com muita carreira pela frente, é uma chance que não se pode desperdiçar.

FONTE :MSN

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário