quinta-feira, 20 de julho de 2017

Com gol relâmpago de Pratto, São Paulo bate Vasco e quebra jejum

O São Paulo, enfim, encerrou o jejum de vitórias que tanto o atormentava. Na gélida noite desta quarta-feira, no Morumbi, o Tricolor voltou a vencer após nove jogos ou 41 dias ao derrotar o Vasco da Gama, por 1 a 0, em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado também é o primeiro triunfo de Dorival Júnior, que completou a sua terceira partida à frente da equipe.
Com gol relâmpago de Lucas Pratto, o São Paulo ganhou uma
posição na tabela, chegando ao 17º lugar, com 15 pontos., ainda na zona de degola. Com a goleada por 4 a 0 da Ponte Preta sobre o Coritiba, no entanto, o time do Morumbi completou a quinta rodada consecutiva dentro da zona de rebaixamento. Já o Vasco, que não perdia há duas partidas, segue na nona colocação, com 20 pontos.
Para finalmente deixar a zona de descenso, o Tricolor terá que ir bem contra o Grêmio, na próxima segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), novamente no Morumbi. O Cruz-Maltino, por sua vez, continua sua excursão fora do Rio de Janeiro: no domingo estará em Belo Horizonte para encarar o Atlético-MG, às 19h, no Estádio Independência.
Além do resultado, a partida apresentou aspectos positivos individuais no São Paulo. Depois de muito tempo, Christian Cueva voltou a ser decisivo ao dar a assistência no gol de Pratto. Aplaudido pela torcida, o peruano foi bastante participativo no embate, ajudando até na marcação. Quem também se destacou foi o argentino Jonatan Gomez, imprimindo boa movimentação no ataque tricolor. Já Edimar, que foi titular no lugar de Júnior Tavares na esquerda, não comprometeu.
O jogo – Diante de mais de 22 mil torcedores, o São Paulo começou avassalador e balançou as redes vascaínas logo no primeiro minuto de jogo. Após saída errada do time cruz-maltino, Cueva recebeu no meio, limpou a jogada e deixou Lucas Pratto na cara do gol. O argentino bateu rasteiro, sem chances para Martín Silva, que viu a bola entrar e o Tricolor largar na frente. Na comemoração, o centroavante foi até o banco para abraçar Júnior Tavares, que iniciou na reserva de Edimar.
Encurralado pelo São Paulo, o Vasco tinha muitas dificuldades de se aproximar da área tricolor – muito em função da marcação alta imposta pela equipe de Dorival Júnior. Tanto que os cariocas só foram dar o seu primeiro chute a gol aos 20 minutos, quando o volante Bruno Paulista arriscou de longe, obrigando Renan Ribeiro mandar a bola para escanteio.
Com o controle da partida, os mandantes por pouco não ampliaram a vantagem antes do intervalo. Aos 33 minutos, Petros fez ótimo lançamento para Cueva – que foi bastante participativo no primeiro tempo – na esquerda. O peruano saiu na cara de Martín Silva, mas mandou em cima do arqueiro vascaíno. No rebote, Lucas Pratto, com o gol livre, mandou a bola para fora, passando rente à trave esquerda.
O Vasco insinuou pressionar os donos da casa no início da etapa final, mas acabou dando mais espaços para o adversário, que quase se aproveitou disso para marcar o segundo gol. Aos 13 minutos, Cueva deu ótimo passe para Marcinho, que, de frente para Martín Silva, isolou por cima, desperdiçando grande oportunidade.
Desesperados pelo empate, os visitantes se lançaram ao ataque de vez. Aos 25, a torcida tricolor se assustou no Morumbi, após Escudero lançar e deixar Jean na cara do gol. Renan Ribeiro, porém, ganhou do volante na corrida e afastou o perigo com os pés.
Nos minutos finais, o São Paulo decidiu só se defender, manteve apenas Pratto no campo de ataque e passou sufoco. Aos 43 minutos, após uma série de cruzamentos na área tricolor, Evander cabeceou, exigindo grande intervenção de Renan Ribeiro. No rebote, Rodrigo Caio afastou e garantiu o triunfo da equipe paulista.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 VASCO
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 19 de julho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT-Fifa)
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos do MT)
Público: 22.574 torcedores
Renda: R$ 552.781,00
Cartão Amarelo: Jonatan Gomez, Petros e Lugano (São Paulo); Paulão, Rafael Marques e Thalles (Vasco)
Cartão Vermelho:
Gols:
SÃO PAULO: 
Lucas Pratto, no 1º minuto do 1º tempo
SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Petros, Wellington Nem (Marcinho), Cueva (Gilberto) e Gomez (Cícero); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior
VASCO: Martin Silva; Madson, Rafael Marques, Paulão e Ramon; Yago Pikachu (Guilherme Costa), Bruno Paulista (Evander), Jean e Escudeiro; Wagner (Paulinho) e Thales
Técnico: Milton Mendes



FONTE MSN

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário