quarta-feira, 17 de maio de 2017

TJD suspende Leão por 30 dias e clube rebate: “decisão esdrúxula”

Na noite de ontem, a diretoria do Fortaleza foi surpreendida
com uma decisão jurídica por parte do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-CE) onde o clube ficaria impedido de efetuar suas atividades profissionais pelos próximos 30 dias, ou seja, não poderia entrar em campo durante esse prazo. A denúncia é considerada esdrúxula por parte da diretoria tricolor.
“Estamos indignados com essa decisão, parece que as pessoas estão brincando de fazer justiça desportiva, há, sim, claramente algo contra o Fortaleza com essa intenção de impedir o clube de praticar futebol”, disse Marcello Desidério.

O Tricolor, sendo assim, não poderia estar em campo no Presidente Vargas, na próxima sexta-feira, pela 2a rodada da Série C diante do Botafogo-PB, porém Desidério garantiu a presença do time. “Ao torcedor eu passo toda a tranquilidade, não há a menor dúvida de que o jogo acontecerá, tudo está normal, ingressos vendidos normalmente, estamos tomando todas as medidas cabíveis. Reitero que a indignação é imensa de todos os que fazem o Fortaleza, a Justiça é uma coisa séria, não pode ser levada na brincadeira”, desabafou o mandatário.

FONTE - O ESTADO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário