quarta-feira, 10 de maio de 2017

Atlético de Madri joga dérbi pela última vez em sua casa, onde é ainda mais freguês do Real Madrid

Nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília),
os torcedores do Atlético de Madri devem ir às lágrimas, independentemente do desfecho da partida contra o rival Real Madrid, pela semifinal da Champions League - a ida, no Santiago Bernabéu, foi 3 a 0 para os blancos.
Afinal, será a última vez que os colchoneros disputarão o dérbi contra seu maior rival no estádio Vicente Calderón, que abriga o clube desde 1967, mas que será demolido em breve.
O Atlético irá jogar a partir da próxima temporada no novíssimo Wanda Metropolitano, nova arena da equipe e uma das melhores da Europa, ainda em fase final de construção.
A despedida do Vicente Calderón, porém, promete ser triste.
É quase certo que os alvirrubros, que precisam ganhar por quatro de diferença para avançarem, serão eliminados, já que o Atlético é ainda mais freguês de seu rival quando joga no Calderón do que em qualquer outro estádio.
Jogadores do Atlético de Madri mantém otimismo; Koke pede desculpas à torcida
Até hoje, os colchoneros receberam os merengues no atual estádio em 66 ocasiões, e venceram só 15. Ou seja, 23% do total.
A marca é ainda menor que o aproveitamento total do Atlético contra o Real Madrid na história: 54 vitórias em 212 clássicos, o que dá 25% dos pontos.
Além disso,  o time vermelho e branco só conseguiu bater o maior rival por quatro gols de diferença duas vez no Vicente Calderón: em 2 de janeiro de 1977 e em 7 de fevereiro de 2015.
Zidane espera dificuldades em jogo de volta; Simeone: 'Vamos acreditar até a última gota'
Outro pequeno alento é que, ao longo de 50 anos, o Atlético conseguiu vencer o Real por 3 a 0, placar que hoje levaria a decisão por pênaltis, uma vez: em 15 de março de 1970.
Da última vez que os clubes se enfrentaram no estádio colchonero, porém, os blancos passaram o trator sem dó: 3 a 0, com três gols de Cristiano Ronaldo. Exatamente o que aconteceu na partida de ida desta Liga dos Campeões, no Santiago Bernabéu.
A última vez que o Atlético de Madri jogará no Vicente Calderón será em 21 de maio, quando enfrenta o Athletic Bilbao, pela última rodada do Campeonato Espanhol.
Lacazette no Atlético de Madri? Veja se seria uma boa para o time espanhol
Depois disso, o estádio que sediou três partidas da Copa do Mundo de 1982, 14 finais de Copa do Rei e viu os alvirrubros ganharem cinco títulos Espanhóis em seu gramado ficará apenas na memória...
FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO DE MADRI X REAL MADRID

Local: Estádio Vicente Calderón, em Madri (Espanha)
Data: 10 de maio de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Cüneyt Çakir (Turquia)
Assistentes: Bahattin Duran (Turquia) e Tarik Ongun (Turquia)

ATLÉTICO DE MADRI: Jan Oblak, Lucas Hernández, Stefan Savic, Diego Godín e Filipe Luís; Gabi, Koke, Saúl Ñíguez e Yannick Carrasco; Kevin Gameiro e Antoine Griezmann. Técnico: Diego Simeone

REAL MADRID: Keylor Navas, Dani Carvajal, Sergio Ramos, Raphaël Varane e Marcelo; Casemiro, Luka Modric, Toni Kroos e Isco; Cristiano Ronaldo e Karim Benzema. Técnico. Zinedine Zidane


FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário