segunda-feira, 17 de abril de 2017

Fora de casa, Bahia faz 3 a 0 no Flu e amplia vantagem por vaga na final

flu de feira x bahia (Foto: Reprodução )O jogo terminou em 3 a 0 para o Bahia, mas poderia ser bem pior o prejuízo do Fluminense de Feira. Dono da partida do início ao fim, o Tricolor de Salvador teve atuação segura contra o Touro do Sertão, na noite deste domingo, no estádio Joia da Princesa, e aumentou a vantagem por uma vaga na final do Campeonato Baiano. O triunfo desta noite foi construído com gols e participação decisiva
de Hernane, Renê Junior e Régis. 

Fluminense de Feira e Bahia voltam a se enfrentar no próximo sábado, desta vez na Arena Fonte Nova, em Salvador. Como teve melhor campanha na competição, o Tricolor pode perder até por três gols de diferença que avança. Para o Flu resta um triunfo a partir de quatro gols de diferença.
É repetitivo, mas o meia Régis foi um dos destaques do Bahia. Maestro do time, o camisa 20 participou de muitas das jogadas ofensivas criadas pela equipe. E como sempre faz, ele ainda deixou o seu gol, aos 44 minutos do primeiro tempo, quando pegou bola no alto de primeira e marcou um golaço. A participação do meia no jogo só ficou manchada pela expulsão na etapa final, quando se envolveu em confusão e teve que deixar a partida mais cedo. O meia saiu de campo reclamando de toque no rosto. 
Primeiro tempo
O Bahia não precisou criar muito no primeiro tempo para marcar os seus gols. Seguro na marcação e efetivo na frente, o Tricolor de Salvador soube aproveitar as oportunidades que teve para sair com ótima vantagem para o intervalo. Aos 32 minutos, Hernane marcou após jogada de Allione. Quatro minutos depois, Renê Junior pegou sobra de dentro da área e marcou o seu. O Fluminense de Feira sentiu os gols e pouco conseguiu fazer para parar a equipe treinada por Guto Ferreira, que ainda fez mais um, desta vez com seu maestro Régis, em chutaço de fora da área aos 44 minutos. 
Segundo tempo
Com a ótima vantagem construída no primeiro tempo, o Bahia não se expôs e apenas controlou o jogo na etapa final. O Flu seguiu com dificuldades de penetrar na área adversária, ainda mais depois da expulsão de Rafhael aos 28 minutos do segundo tempo. Com um mais, o time da capita baiana teve calma para trabalhar a bola e até poderia ter feito mais. Edigar Junio e Régis tiveram as principais chances da equipe para ampliar o resultado, mas falharam nas finalizações. Régis ainda terminou o jogo sendo expulso após se envolver em confusão, mas nada mudou no panorama da partida.

FONTE - G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário