quarta-feira, 8 de março de 2017

JUVENTUDE - Juventude contrata técnico Gilmar Dal Pozzo para lugar de Paulo César

A direção do Juventude anunciou nesta terça-feira, no Alfredo Jaconi, o técnico Gilmar Dal Pozzo como substituto de Paulo César Parente, desligado
na noite de segunda-feira, para a disputa do Gauchão e da Série B. Ídolo do rival Caxias, o treinador estava sem clube desde que foi demitido do Ceará após eliminação na Copa do Brasil.
Dal Pozzo fez parte do último time do Interior a interromper a hegemonia da dupla Gre-Nal no Gauchão. Como goleiro, foi campeão pelo Caxias em cima do Grêmio, em 2000, quando defendeu pênalti de Ronaldinho Gaúcho nos momentos finais do jogo decisivo.Natural de Quilombo (SC), Dal Pozzo tem 47 anos. Encerrou a carreira de goleiro em 2007, na Ulbra, e já no ano seguinte iniciou a trajetória como treinador no Veranópolis, quando conquistou o campeonato do interior, disputa simbólica para coroar o time de melhor campanha, fora Inter e Grêmio. Comandou ainda Pelotas e Novo Hamburgo no Rio Grande do Sul, antes de passar por Chapecoense, Criciúma, ABC, Náutico, Paysandu e Ceará.
Paulo César estava pressionado
Um ano após chegar ao Juventude, Paulo César Arruda Parente vivia os dias mais conturbados da ainda curta carreira de técnico. No Gauchão, o clube vem de derrota para o Veranópolis, mas ainda se mantinha entre os classificados à segunda fase. O problema, reconhecia o treinador, estava no futebol que o time vinha apresentando.
– (É) pelo mau rendimento nosso. Isso acabou se refletindo na arquibancada – disse PC, em entrevista ao GloboEsporte.com na última semana.
Mesmo não sendo uma cara nova no clube, à frente do time principal Paulo César não completou três meses. Assumiu no dia 12 de dezembro, quando foi confirmada a saída de Antônio Carlos Zago para o Inter. Antes, comandava o sub-20 do Juventude, em trabalho integrado com o treinador dos profissionais. Desde então, PC viveu os dias em busca da melhor escalação para o Alviverde, contornando os problemas que surgem no decorrer dos trabalhos.
Juventude técnico Paulo César Parente (Foto: Arthur Dallegrave / E.C. Juventude)
– Não consegui encontrar a formação ideal por causa das lesões que tivemos – explicou.
Lateral-direito com passagem por clubes como Santos, Fluminense, Paris Saint-Germain e Toulouse, Paulo César, nascido em Osasco, encerrou a carreira em 2014 no Taboão da Serra (SP), aos 35 anos. Agora, aos 38, tenta engrenar como técnico após ter sido auxiliar técnico no XV de Piracicaba e no Criciúma. Antes do jogo contra o Veranópolis, ainda se sentia com o respaldo da direção.
– As pessoas para quem tenho que dar satisfação (diretoria) estão vendo que o trabalho está acontecendo – disse.
Na noite de segunda, depois de ser comunicado do afastamento, emitiu uma nota:
"No fim da tarde desta segunda-feira (6) fui comunicado do meu desligamento do comando técnico da equipe do Juventude. Nesses quase três meses à frente do time principal, eu e minha comissão técnica nos dedicamos integralmente para que a equipe apresentasse um bom futebol e conquistasse resultados importantes. Deixamos de ganhar partidas por situações pontuais (expulsões, pênaltis, bolas na trave e etc), sofremos com lesões e não tivemos como reforçar o elenco de maneira adequada por questões financeiras do clube. Tendo tudo isso em vista, lamento profundamente que o trabalho tenha sido interrompido de maneira tão prematura. O Juventude me abriu as portas há cerca de um ano e me proporcionou a oportunidade de comandar o time sub-20 na importante conquista do Campeonato Estadual de 2016. Sou grato ao clube e irei guardar com muito carinho esse período. Agradeço a todos que me apoiaram e colaboraram com o projeto nesses últimos meses."

COM INFORMAÇÕES DO SITE G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário