sábado, 4 de março de 2017

FORTALEZA - Descontentes, Ênio Mourão e César Sampaio deixam gestão do Fortaleza

Com um início de temporada complicado, o Fortaleza anunciou mudanças na gestão do futebol do clube. Na tarde desta sexta-feira (3), em coletiva
realizada no Estádio Alcides Santos, Ênio Mourão, vice-presidente do clube, entregou o cargo de diretor de futebol. Com ele, César Sampaio também deixa a gerência de futebol. Os dois ex-gestores reconhecem problemas, mas acreditam que grupo pode render mais na temporada.
- O trabalho foi muito bem feito, muito profissional. Estamos confiantes que esse time vai render  e conseguir o grande objetivo que é o acesso à Série B. Mas o tempo curto para o trabalho que foi feito, tivemos alguns resultados que não foram satisfatórios. Um time novo, em reformulação, que gerou algumas oscilações que trouxeram resultados negativos. Além disso, trouxeram descontentamento da torcida, da gente mesmo... Nós não ficamos contentes com alguns resultados apresentados. Embora, repito, tenhamos toda a confiança no trabalho que foi feito - explicou Ênio Mourão. César Sampaio chegou ao Fortaleza por convite de Ênio e do presidente Jorge Mota. O ex-jogador da Seleção Brasileira chegou ao clube no final de 2016.
- A saída do Ênio pesou diretamente na minha decisão. Nós compactuamos com muitas ideias. Nesse sentido, eu também abraço a causa e me desligo do clube também nesse momento. Não por desconfiança do grupo. Eu, particularmente, assumo a responsabilidade direta pela reformulação do elenco. Acho que o potencial do grupo está acima do que podem apresentar. Isso requer tempo, algo que caminha no sentido contrário a necessidade de um resultado imediato que o Fortaleza vive hoje - explicou César Sampaio.
Tiradentes x Fortaleza Campeonato Cearense Arena Castelão (Foto: José Leomar/Agência Diário)
Os dois ex-gestores do clube reconhecem as dificuldades, mas reafirmaram a confiança no trabalho realizado e apostam no time para garantir o acesso para o Fortaleza em 2017.
- Tenho certeza de que esse time é de qualidade e vai render muito em 2017. É um trabalho que demanda tempo. O time não encantou, não encaixou, não fez aquela apresentação que se espera. Por isso, entreguei o cargo para que o presidente possa fazer as mudanças necessárias e os resultados possam aparecer - explicou Ênio Mourão.
Com carta branca para montar o time da temporada, César Sampaio elogia trabalho de Marquinhos Santos e aposta no grupo.
- Também entendo que o Marquinhos é um excelente treinador. Ele até me pediu... Se era algo reversível, mas eu disse que já estava decidido. Aprendi a gostar do clube. Independente do local que esteja, estarei torcendo pelo sucesso do Fortaleza. Apesar das metas intermediárias, como a Copa do Brasil, mais recente, onde oscilamos, ainda temos a Copa do Nordeste e o Cearense, onde o time pode dar resposta nessas competições - concluiu César Sampaio.
Marcelo Paz, ex-diretor de futebol do clube, deve voltar ao cargo com a saída de Ênio Mourão, que segue como vice-presidente. Fortaleza volta a campo neste sábado (4) quando enfrenta o Itapipoca pelo Campeonato Cearense, às 19h30, na Arena Castelão. O GloboEsporte.com/ce acompanha tudo em Tempo Real, com vídeos exclusivos.

COM INFORMAÇÕES DO G1

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário