quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

PRIMEIRA LIGA - Flu vira sobre o Criciúma e inicia com vitória defesa do título da Primeira Liga

Xô, zica! O atual campeão da Primeira Liga encerrou um jejum de 10 jogos sem
ganhar e mostrou que vai defender o título do torneio com unhas e dentes em 2017. No palco onde foi campeão no ano passado, o Fluminense estreou com vitória em um jogão contra o Criciúma na noite desta terça-feira. Os 2.650 pagantes não assistiram à uma partida brilhante tecnicamente no Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG), que teve renda de R$ 55.895. Mas tiveram emoção de sobra com cinco gols: no placar final, 3 a 2 para o tricolor. Na volta de Abel Braga, na estreia dos equatorianos Orejuela e Sornoza e na ausência de Gustavo Scarpa, a serviço da seleção, os jovens de Xerém foram importantes.O Fluminense assumiu a liderança provisória do Grupo A da Primeira Liga com três pontos, enquanto o Criciúma virou o lanterna. As duas equipes só voltam a campo pelo torneio em fevereiro: os cariocas visitam o Brasil de Pelotas no dia 7, às 19h30 (de Brasília) no Bento de Freitas, enquanto os catarinenses jogam no mesmo horário, só que no dia seguinte, contra o Internacional no Beira-Rio. Antes, porém, ambos estreiam nos campeonatos estaduais às 17h deste final de semana, com clássicos pela frente. O Tigre enfrenta o Avaí sábado no Heriberto Hülse, enquanto o Tricolor trava duelo com o Vasco domingo no Engenhão.
Não foi um jogo brilhante tecnicamente, mas não faltou emoção no Fluminense x Criciúma em Juiz de Fora. Foram cinco gols, duas bolas na trave e mais de 10 chances claras. A maioria, é bem verdade, fruto de erros de passe e falhas de marcação. O Tigre do técnico Deivid abriu o placar aos 25 minutos do primeiro tempo, com Raphael Silva de cabeça. Poderia ter feito mais se Jheimy, Pitbull e Kalil não desperdiçassem oportunidades frente à frente com Cavalieri.
O castigo começou aos 36 pela cabeça de Henrique, em jogada ensaiada com Sornoza e Renato Chaves, em posição duvidosa. A virada tardou, mas não falhou: depois de Sornoza parar no goleiro e Wellington Silva carimbar a trave, coube ao jovem Pedro resolver. O atacante de 19 anos entrou no lugar de Dourado, recebeu de Léo Pelé, ganhou no corpo de Raphael Silva e marcou seu primeiro gol como profissional, aos 32 da etapa final. 10 minutos depois, Marquinho ampliou após bolão de Sornoza. No fim, aos 43, Hélio Paraíba diminuiu, mas o tempo acabou.
COM INFORMAÇÕES DO G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário