quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

FERROVIÁRIO - Em seu terceiro ano vestindo a camisa do Ferroviário, Maxuell acredita que é hora de se projetar

Dois gols foram o suficiente para torná-lo destaque da 1ª rodada do Campeonato Cearense. E olha que ele só começou como titular porque Leandro Netto sentiu
a panturrilha um dia antes do Clássico das Cores. Maxuell chamou atenção não só pela cabeleira estilo samurai, mas pelo faro de gol e pelo senso de posicionamento que demonstrou vestindo a camisa do Ferroviário diante do Fortaleza. Aos 25 anos, pai de quatro meninas e em seu segundo casamento, diz estar em seu melhor momento da cerreira e sonha em jogar fora do Brasil.
Sem empresário desde 2010, só conta com seus trabalhos para se divulgar. Nas horas vagas edita, ele mesmo, as imagens de seus melhores lances para compilar no “DVD”.
Natural de Fortaleza, mora longe da família desde os 15 anos, quando os pais decidiram se mudar para o Interior. Maxuell tinha acabado de entrar na escolinha do Ferroviário e decidiu ficar. “Cheguei ao clube e disse que queria só um prato de comida e um lugar para dormir”, lembra. 
Conseguiu mais. Com dois treinos já era titular de sua categoria. E na Barra descobriu talento para jogar na área.

Profissionalizado ainda com idade de base, foi para o Palmeiras e depois veio para o Ceará. Passou ainda por Uniclinic, Baraúnas-RN, Botafogo-PB e Horizonte. Retornou à Barra em 2015, para jogar a Série B do Estadual e desde então é destaque do Tubarão.
Já divide a artilharia do Cearense com Leílson, do Guarani de Juazeiro, — ambos com 2 gols — e tem como meta marcar pelo menos dez no Estadual. Apesar da boa estreia, não se define como titular. (Brenno Rebouças)

COM INFORMAÇÕES DO O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário