quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Ponte Preta e Fluminense empatam sem gols no Moisés Lucarelli

Em jogo adiado da 17ª rodada, Ponte Preta e Fluminense ficaram no empate
por 0 a 0, nesta quarta-feira, no Moisés Lucarelli, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado não mudou a situação das equipes na competição. Os cariocas chegaram a 26 pontos e se aproximaram pouco do G6. Os campineiros, com 23, seguem na parte de baixo da tabela, mas um pouco mais distantes da degola.
O confronto teve mais movimentação do que emoção. O Fluminense foi melhor no primeiro tempo, mas pouco incomodou o goleiro Aranha. Na etapa final, a Ponte Preta equilibrou as ações. As duas equipes criaram mais, mas pecaram nas finalizações.
Além disso, o técnico Abel Braga recebeu homenagens da Ponte. O confronto entre as equipes foi adiado após o filho do comandante do Fluminense morrer no Rio de Janeiro no dia 29 de julho. A Macaca prestou sua solidariedade ao treinador.
Na próxima rodada, as duas equipes vão jogar fora de casa. A Ponte Preta encara o Sport na Ilha do Retiro, no domingo. Já na segunda-feira, o Fluminense enfrenta o Santos, no Pacaembu.
O jogo – A partida começou com as duas equipes em busca do ataque. No entanto, foi a Ponte Preta que teve a primeira chance de marcar, aos nove minutos. Léo Arthur foi lançado na área, contou com o escorregão de Nogueira, mas no momento de finalizar viu Lucas aparecer para salvar os tricolores.
O lance foi o único de real perigo no confronto. Tanto Ponte Preta quanto Fluminense seguiam com a vocação ofensiva, mas tinham dificuldade na criação de boas jogadas. Com isso, o jogo ficou concentrado entre as duas intermediárias. Somente aos 26 minutos os tricolores tiveram sua chance de abrir o placar no Moisés Lucarelli. Gustavo Scarpa cobrou falta, mas a bola passou sobre o travessão de Aranha.
Os cariocas se animaram e voltaram a chegar com perigo aos 29 minutos. Henrique Dourado foi lançado na área e chutou em direção ao gol. A bola desviou na zaga e quase encobriu Aranha. Para a sorte do goleiro campineiro, ela bateu no travessão e foi para fora.

Na parte final, o Fluminense permaneceu tendo o domínio da partida. Mesmo sem criar grandes chances de gol, os tricolores tinham a posse de bola em boa parte do tempo, e a marcação dava conta do recado nos avanços dos donos da casa. Assim, o duelo foi para o intervalo com o placar inalterado.Assim como na etapa inicial, a Ponte Preta iniciou melhor o segundo tempo. Tanto que, aos quatro minutos, os donos da casa criaram ótima chance quando Lucca foi lançado na área e chutou para grande defesa de Julio Cesar. Em seguida, foi a vez de Jadson fazer boa jogada, mas chutar sobre o travessão. O Fluminense não se intimidou com a melhora dos campineiros e respondeu aos nove. Wellington Silva arriscou de fora da área e obrigou Aranha a fazer boa defesa.
O jogo seguiu igual ao primeiro tempo e o Fluminense, aos poucos, voltou a ser melhor em campo. Os cariocas tiveram boa chance aos 20 minutos, quando Wendel foi lançado, mas chutou mal, facilitando a defesa de Aranha. A Ponte Preta respondeu três minutos depois, em cabeceio de Lucca, que passou próximo ao gol.
A partir daí, o confronto ficou equilibrado, com as duas equipes tendo espaço para avançar, mas desperdiçando boas chances de gol, principalmente por conta das finalizações erradas.
Nos minutos finais, a Ponte Preta tomou a iniciativa em busca da vitória. O Fluminense preferiu recuar e passou a impedir os avanços dos donos da casa. A partida voltou a ficar sem emoção até o fim, atestando a igualdade em Campinas.
FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 0 X 0 FLUMINENSE

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 9 de agosto de 2017 (quarta-feira)
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Helton Nunes (SC)
Renda: R$ 78.355,00
Público: 5.505 pagantes
Cartões amarelos: Marllon (Ponte Preta); Lucas (Fluminense)

PONTE PRETA: Aranha, Jeferson (Nino Paraíba), Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Jean Patrick, Jadson (Claudinho) e Léo Artur (Saraiva); Lucca e Emerson Sheik
Técnico: Gilson Kleina

FLUMINENSE: Júlio César, Lucas, Nogueira, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Jefferson Orejuela, Wendel e Gustavo Scarpa (Marcos Júnior); Wellington Silva (Matheus Alessandro) e Henrique Dourado (Peu)
Técnico: Abel Braga



FONTE :;GAZETA ESPORTIVA
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário