sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Organizada do Santa Cruz invade o Arruda e ameaça dirigentes, jogadores e até a imprensa

Na tarde desta quinta feira (10), cerca de 50 integrantes de uma organizada do clube invadiram o local com barras de ferro para protestar contra
o momento da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro. Os arruaceiros fizeram ameaças a jogadores, dirigentes e imprensa. Houve tentativa de arrombamento do portão que dá acesso ao local e ameaças de agressão a quem fizesse algum tipo de imagem. Do lado de fora houve mais vandalismo e quebra quebra.
No momento da invasão, os jogadores estavam fazendo um trabalho físico nos vestiários. Apenas os goleiros estavam no campo. Sem acesso aos vestiários, eles se dirigiram ao portão que dá acesso ao departamento de futebol, mas não conseguiram entrar. O portão foi forçado, mas não cedeu.
Em frente à sala de entrevistas, os vândalos pediram a saída do presidente Alirio Morais, do vice, Constantino Júnior e do gerente de futebol, Ataíde Macêdo.. Os jogadores também não escaparam dos protestos, com gritos de "tem que ser homem para jogar no tricolor". Por conta do clima de insegurança, a entrevista coletiva que estava marcada para o final do treinamento foi cancelada. Toda ação durou 20 minutos.
Os vândalos só deixaram as dependências do clube após a chegada dos policiais militares. Os jogadores foram liberados do treino da tarde. Ninguém foi preso.
Sem vencer há cinco rodadas, com quatro derrotas consecutivas, o Santa Cruz está na 16ª colocação da Série B e pode entrar na zona de rebaixamento caso o Figueirense derrote em casa o Goiás, no próximo sábado. O Santa só volta contra o Guarani no próximo dia 19.

FONTE :;MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário