segunda-feira, 3 de julho de 2017

Vitória massacra Bahia, mas Jean faz milagres e segura empate heroico no Barradão

Um jogo de um time só.
Não existe melhor definição para o clássico Ba-Vi deste domingo, no Barradão. Em jogo fraco,
somente o Vitória tomou a iniciativa, obrigou oque foi envolvido durante a semana em controvérsia relativa à sua forma física em áudio vazado, o rubro-negro baiano foi melhor e dominou o rival.
goleiro Jean a fazer milagres, mas não conseguiu, ainda assim, evitar o empate em 0 a 0 com o Bahia diante de seus 10.741 mil torcedores. Com a estreia do meia Carlos Eduardo, ex-Atlético-MG,
Faltou apenas um pouco mais de capricho na hora de finalizar.
Foram mais de cinco chances desperdiçadas somente no primeiro tempo.
Kieza, em passe em profundidade na área, Yago, no rebote, André Lima, duas vezes por cima, e Kanu massacraram o Bahia.
Mesmo com a volta de Régis no lugar de Vinicius, o time comandado por Jorginho não se encontrava e era acurralado em seu campo. O colombiano Mendonza, que substituiu Edigar Junio, poupado, era presença nula na frente enquanto o trio responsável por municiá-lo estava sumido no gramado.
Para piorar, não havia tampouco a alternativa de saída pelas laterais, com Eduardo e Armero em tarde tenebrosa.
Em resumo, foi o pior jogo do Bahia neste Brasileiro - e justamente após ter, enfim, uma semana livre para trabalhar e se recuperar da dura sequência que enfrentou recentemente. A despeito disso, o Vitória não conseguiu tirar proveito.
Na volta para o segundo o tempo, o ritmo foi o mesmo, com André Lima desperdiçando chance incrível depois de falha de Tiago em corte, aos 30 minutos. O centroavante estava destinado a ser o personagem da partida, em confronto particular com Jean: pouco depois, aos 38, em saída de bola tricolor equivocada, ele recebeu sozinho na área e viu Tiago salvar.
Milagre no Barradão.
Com o resultado, o Vitória segue na zona de rebaixamento, no 18º lugar, com nove pontos, enquanto o Bahia deixa a parte da degola, chegando à 16º colocando, com 11, igualando o São Paulo e empurrando o tricolor paulista pelo critério de gols marcados.FICHA TÉCNICA
VITÓRIA x BAHIA
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 02 de julho de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP)
Público: 10.741 pagantes
Renda: R{0}nbsp;195.833,50
Cartões amarelos: André Lima, Kanu, Willian Farias, Geferson, Patric (Vitória); Tiago, Zé Rafael, Allione (Bahia)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Ramon e Geferson; Willian Farias,  Yago, Carlos Eduardo (Gabriel Xavier), Cleiton Xavier (Neílton); Kieza (David) e André Lima. Técnico: Alexandre Gallo
BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Eder e Armero; Matheus Sales, Renê Júnior, Régis (Vinicius), Allione (Douglas); Zé Rafael (Juninho) e Mendoza. Técnico: Jorginho

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário