segunda-feira, 31 de julho de 2017

Vanderlei resiste, e Santos arranca empate do Grêmio na Arena

Mesmo quando o Santos ganha é difícil não notar a boa atuação do goleiro Vanderlei. Neste domingo, em Porto Alegre, Grêmio e Peixe empataram em 1 a 1, graças ao camisa 1 santista, que foi bombardeado em meio a um clima de guerra, com discussões ríspidas e faltas duras.

Enquanto o goleiro do Alvinegro segurava as pontas na meta e defendia os chutes de longe do Tricolor, que não tinha muitas opções para furar a retranca de Levir Culpi, formada por Alison e Yuri, o Santos buscava a reação pelos mesmos caminhos, os lados do campo, com Bruno Henrique e Copete.
O camisa 27, que além de ser o mais rápido é o artilheiro do Santos no ano, foi o responsável por irritar Edilson e fazer o árbitro Braulio da Silva Machado amarelar o lateral-direito dos donos da casa e mais tarde expulsar. Foi Bruno também o responsável por desviar a cobrança de escanteio que sobrou para David Braz abrir o placar, injusto até então.
Mas o time de Renato Gaúcho conseguiu reagir antes do fim da primeira etapa e fez justiça ao jogo que era resumido ao bombardeio gremista. Se não conseguiu por baixo, o vice-líder do Brasileirão resolveu apostar no que raramente faz: cruzar pelo alto. Edilson achou Pedro Rocha livre na área. Vanderlei impediu, mas não conseguiu se recuperar no rebote, que ficou para Fernandinho empatar, sem qualquer intervenção da defesa.
O empate parecia ser tudo que o Santos queria. Além de gastar a bola, o Peixe conseguiu um cartão amarelo para Maicon e despertar a ira de Cortez, que discutiu com Lucas Lima. Porém, Yuri foi quem mais preocupou os santistas. Depois de ter levado um cartão amarelo, fez mais duas faltas duras, o que gerou revolta nos gremistas. Além das faltas, Yuri exagerou nos erros de passe à frente da defesa.
Ricardo Oliveira, que voltou a atuar pelo Brasileiro, tocou sete vezes na bola e em nenhuma para finalizar. Em seu lugar, Levir decidiu tentar dar mais velocidade ao time, com Thiago Ribeiro, mas sem sucesso.
Do outro lado, Luan, a principal estrela do Grêmio, também teve atuação discreta. Diferentemente de outros jogos, em que atua pelos lados, o camisa 7 esteve por dentro, atrás de Éverton.
Com 33 e 31 pontos, respectivamente, Tricolor e Peixe permanecem na 2ª e 3ª colocação. Na quarta-feira, o Grêmio encara o lanterna Atlético-GO, fora de casa, às 21h45. No mesmo dia e horário, o Santos recebe o Flamengo, no Pacaembu.FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 1 SANTOS
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 30/7/2017 - 19h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (SC)
Público: 32.251 pessoas
Cartões amarelos: Maicon, Ramiro e Geromel (GRE); Yuri, Vanderlei, Thiago Ribeiro, Lucas Lima e David Braz (SAN)
Cartões vermelhos: Edilson (GRE)
Gols: David Braz, 45'/1ºT (0-1); Fernandinho, 47'/1ºT (1-1)
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon; Ramiro, Fernandinho, Luan e Pedro Rocha; Everton (Miky Arroyo, 29'/2ºT) (Jailson, 44/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho
SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes, 47'/2ºT); Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Alisson (Leandro Donizete, 35'2ºT), Yuri e Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete e Ricardo Oliveira (Thiago Ribeiro, 24'/2ºT). Técnico: Levir Culpi

FONTE :; MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário