quarta-feira, 12 de julho de 2017

Santa Cruz marca no fim e empata com o Luverdense fora de casa

Luverdense deixou escapar o que seria uma grande vitória na noite desta terça-feira. O time de Lucas do Rio Verde vencia a partida contra o Santa Cruz até os 43 minutos do
segundo tempo, quando a equipe do técnico Givanildo Oliveira marcou, de pênalti, e garantiu o empate por 2 a 2.
Jogando em casa, o Verdão aproveitou os espaços dados pelo Santa Cruz e, ainda no início do jogo, abriu o placar. Aderlan fez boa jogada lateral e cruzou para o camisa 10 Sérgio Mota, que finalizou de cabeça. No segundo tempo, o Santa Cruz começou muito bem a partida e empatou com Augusto. No entanto, Sérgio Mota arriscou de fora da área, e o goleiro Júlio César aceitou o arremate de longe. Já no final do jogo, o árbitro marcou toque de mão de William e, na cobrança do pênalti, Bruno Silva marcou para o Santa.
Com o resultado, o Luverdense chegou a 13 pontos e subiu duas posições, mas ainda ocupa a zona de rebaixamento – na 17ª colocação. Já o Santa Cruz, mesmo com o empate fora de casa, perdeu duas posições e é o nono colocado da Série B.
O jogo – Atuando fora de casa, o técnico Givanildo Oliveira armou o Santa Cruz com uma postura defensiva. O time anfitrião, então, tomou conta da partida e impôs seu ritmo de jogo, indo para o ataque. Quando a bola passou a rolar, o Luverdense encurralou o Santa. Aos 8 minutos, Aderlan foi à linha de fundo e cruzou na medida para o camisa 10 Sérgio Mota, que cabeceou firme e mandou para o fundo das redes.
Depois do gol marcado, o Luverdense diminuiu o ritmo de jogo e viu o Santa Cruz crescer na partida. A equipe pernambucana passou a tocar melhor a bola e chegava com perigo ao ataque. Quando balançou as redes, no entanto, o juiz anulou os gols do Santa.
Primeiro, aos 14 minutos, Augusto chutou, o goleiro do Luverdense defendeu e no rebote, Jaime, em posição irregular, finalizou. Na sequência, já aos 28, Augusto recebeu lançamento da direita, dominou e chutou bonito, mas o árbitro já havia marcado impedimento.
O Santa Cruz precisou balançar a rede pela terceira vez para conseguir somar seu primeiro gol no duelo. William Barbio, em posição de impedimento não marcada pelo árbitro, lançou para o atacante Augusto, que dominou com a parte externa do pé e bateu de chapa, mandando a bola no ângulo esquerdo do goleiro: 1 a 1.
Quando o Santa Cruz conseguia controlar a partida, voltou a brilhar a estrela do camisa 10 do Luverdense. Sérgio Mota recebeu bola fora da área e arriscou chute de perna esquerda. A bola, mesmo em baixa velocidade, conseguiu entrar graças a falha do goleiro Júlio César.
O técnico Givanildo demorou para arrumar a equipe nordestina, que pouco conseguiu ficar com a bola, mesmo com o Luverdense postado em seu campo de defesa. Em lance de contra-ataque, os anfitriões quase ampliaram. Rafael Silva puxou contra-ataque, a zaga do Santa deu espaço e o atacante arriscou de fora da área, mandando perto da trave.
Se falhou no segundo gol do Luverdense, o goleiro Júlio César salvou o Santa já no fim do jogo. Após cruzamento da direita, o atacante Douglas Baggio cabeceou firme, mas viu o experiente arqueiro salvar a bola em cima da linha. O Luverdense controlava a partida, mas isso não impediu que o Santa acertasse a trave, com Barbio chutando cruzado.
O lance fez a equipe visitante crescer e a logo chegar ao empate. Barbio chutou e o zagueiro William cortou com o braço. Pênalti marcado. Na cobrança, o zagueiro Bruno Silva deslocou o goleiro e garantiu o empate por 2 a 2.
FICHA TÉCNICA
LUVERDENSE 2 X 2 SANTA CRUZ
Local: Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde
Data: 11 de julho de 2017, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Ciro Chaban Junqueira (DF) e Leila Naiara Morais da Cruz (DF)
Cartões amarelos: Aderlan, Diogo Silva, William e Kazu (Luverdense); William Barbio (Santa Cruz)
GOLS:
LUVERDENSE: Sérgio Mota aos 8 minutos do primeiro e aos 13 do segundo tempo
SANTA CRUZ: Augusto ao 1 minuto e Bruno Silva aos 43 do segundo tempo
LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Ricardo, Moacir (Kazu) e Sérgio Mota; Léo Cereja (Rafael Ratão), Eduardo (Douglas Baggio) e Rafael Silva
Técnico: Júnior Rocha
SANTA CRUZ: Júlio César; Gabriel Vallés, Jaime, Bruno Silva e Tiago Costa; Wellington Cézar, Derley, João Paulo e Augusto (Facundo Parra); Ricardo Bueno (Júlio Sheik) e William Barbio
Técnico: Givanildo Oliveira
FONTE :MSN

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário