terça-feira, 11 de julho de 2017

Nos cofres e na tabela: por que perder São Januário é uma tragédia completa para o Vasco

O caos em São Januário vai trazer consequências péssimas para o Vasco.
O clube viu o STJD interditar sua casa por tempo indeterminado nesta segunda-feira e pode perder até 25 mandos de campo.

Resultados e palpites do Bing para a rodada do Brasileirão


Isso resultaria em um prejuízo para qualquer clube do mundo, é claro, mas, para o Vasco, as consequências tendem a ser uma tragédia completa.
Primeiro esportivamente.
Dos 16 pontos que conquistou até agora no Brasileirão, 15 deles foram em São Januário. O Vasco é o segundo melhor mandante da competição, atrás apenas do Corinthians. Como visitante, porém, é o segundo pior, a frente apenas do Atlético-GO.
Só que o problema fica ainda mais grave financeiramente.
Até agora, o Vasco havia conseguido lucro em todas as sete partidas como mandante. Pode parecer pouco, mas isso significa muito, principalmente no Rio de Janeiro, onde Botafogo e Fluminense costumam ter grandes prejuízos com os altos custos de Engenhão e Maracanã. 
Com os jogos em casa, o clube de Eurico Miranda teve um lucro líquido de praticamente R$ 1,8 milhão. E esse valor, na prática, é ainda maior, já que os borderôs das partidas descrevem gastos com despesas operacionais e taxa de iluminação, dinheiro que, no fim, acaba voltando com um certo lucro para o próprio clube.
Na renda bruta, o Vasco é o quinto colocado do Brasileirão, atrás de Corinthians, Palmeiras, Flamengo e Grêmio.
No Rio, o lucro líquido só é menor que o do Flamengo: R$ 2,35 milhões. O Botafogo só conseguiu R$ 122 mil, enquanto o Fluminense teve um prejuízo superior a R$ 1 milhão - que saiu no vermelho mesmo quando colocou mais de 20 mil pessoas no Maracanã.
Tudo isso, porém, deve ir por água abaixo agora. Afinal, o clube terá que começar a arcar com aluguel de sua nova casa, o que transformará seu lucro em prejuízo. 
Por enquanto, a diretoria estuda que o time mande suas partidas em Volta Redonda – o primeiro jogo como mandante é no domingo, contra o Santos.
O que só piora as coisas. Afinal, Volta Redonda, que fica a 130 km da capital carioca, chegou a ser cunhada como ‘cemitério do futebol’ por conta dos baixos públicos que costuma atrair ao estádio, mesmo quando os times grandes do Rio de Janeiro jogam por lá.

Neste ano, por exemplo, o Flamengo mandou seis jogos por lá e teve uma média de apenas 4.981 pagantes – contra 21.988 pagantes na média total do time no ano.

FONTE :MSN

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário