segunda-feira, 24 de julho de 2017

Joia de 17 anos decide, Vasco vence e mantém má fase do Atlético-MG no Horto

Pelo menos neste Campeonato Brasileiro, o torcedor do Atlético-MG não tem conseguido bradar: "Caiu no Horto, tá morto".


Neste domingo, no estádio Independência, o Vasco derrot
ou o Atlético-MG por 2 a 1, em duelo válido pela 16ª rodada do Brasileiro, aumentando o jejum dos mineiros em seu território na competição deste ano.
A noite não começou boa para o Atlético, que logo aos 10 minutos viu Fred deixar o gramado com uma lesão na panturrilha.  E o dia parecia ser mesmo de Paulinho, jogador da base vascaína que completou 17 anos há duas semanas.
Paulinho abriu o placar aos 13 minutos de jogo. Ele se tornou o primeiro jogador nascido nos anos 2000 a ter marcado um gol em alguma edição do Campeonato Brasileiro.
O Atlético não demorou a reagir e cinco minutos depois chegou ao empate com Yago.
Mas o dia era de Paulinho. E o jovem aproveitou um contra-ataque aos 22 minutos do segundo tempo para fazer seu segundo gol no jogo e dar a vitória ao Vasco.
Com este resultado, o Vasco vai aos 23 pontos e sobe para a oitava colocação no Campeonato Brasileiro.
Já o Atlético segue com 20 pontos, no aguardo da chegada do novo técnico Rogério Micale nesta semana, na 13ª posição. Jogando no Horto neste Brasileiro, o time mineiro tem agora apenas duas vitórias, dois empates e cinco derrotas.
O jogo
O Vasco não se intimidou no Horto e iniciou bem a partida. Tanto que teve a primeira boa chance do jogo em falta cobrada por Bruno Paulista, que passou por cima do travessão. O Atlético-MG errava muito no meio, mas assustou aos oito. Otero viu Martín Silva adiantado e quase acertou o gol.
Mesmo com o susto, os cruzmaltinos seguiam melhores em campo e chegaram ao gol aos 13 minutos. Escudero deu belo passe para Paulinho na área e o jovem vascaíno só teve o trabalho de tocar na saída de Giovanni.
O Atlético-MG passou a ser pressionado pela torcida, que começou a vaiar o time. No entanto, os mineiros chegaram ao empate aos 17 minutos. Após roubada de bola na intermediária adversária, Yago acertou belo chute. A bola bateu no travessão, dentro do gol e saiu. O assistente confirmou o gol.
Depois do empate, o Atlético-MG conseguiu ter o controle do jogo. Os donos da casa chegaram a criar boas chances de virar o confronto, mas pecaram na hora das finalizações. Aos poucos, o Vasco equilibrou a partida e passou a avançar com mais facilidade. Tanto que, aos 32 minutos, Bruno Paulista arriscou de fora de área e assustou Giovanni.
A partir dai, o jogo ficou movimentado, com os dois times em busca do ataque. Aos 33 minutos, Fábio Santos tentou o cruzamento, a bola foi desviada pela zaga e quase foi para a rede. A resposta dos cariocas veio em seguida. Paulo Vitor chutou da entrada da área e obrigou Giovanni a fazer boa defesa.
Nos minutos finais, o Vasco teve a chance de marcar o segundo aos 43 minutos. O goleiro Giovanni saiu mal na bola, que ficou com Paulinho. O meia tocou para Mateus Vital, que chutou da entrada da área, mas para fora. Assim, o jogo foi para o intervalo com o empate mantido.
No segundo tempo, o Atlético-MG voltou melhor, mas só criou sua primeira chance aos oito minutos. Em contra-ataque rápido, Rafael Moura entrou na área e chutou para grande defesa de Martín Silva. No escanteio seguinte, Jesiel subiu sozinho, mas cabeceou para fora.
Quando os donos da casa eram mais dominantes, o Vasco aproveitou um contra-ataque para marcar o segundo, aos 22 minutos. Guilherme Costa tocou para Paulinho na entrada da área, o meia driblou um marcador e finalizou sem chance para Giovanni.
Após o gol, o Vasco seguiu recuado e viu o Atlético-MG dominar a partida. No entanto, os mineiros não conseguiam passar pela marcação carioca.
Somente aos 44 minutos, o time mineiro assustou em chute de longe de Cazares. Com isso, os cruzmaltinos mantiveram a postura até o fim.FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 1 X 2 VASCO
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de julho de 2017, domingo
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Saciliotti dos Santos Camargo (SP)
Renda: R$ 312.236,00
Público: 12.497 pagantes
Cartões amarelos: Yago, Otero, Mancini, Marlone e Alex Silva (Atlético-MG); Escudero, Bruno Paulista e Jomar (Vasco)
GOLS: ATLÉTICO-MG: Yago, aos 17min do primeiro tempoVASCO: Paulinho, aos 13min do primeiro tempo e 22min do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Alex Silva, Jesiel, Mancini e Fabio Santos; Rafael Carioca, Yago, Otero (Luan) e Marlone; Robinho (Cazares) e Fred (Rafael Moura). Técnico: Diogo Giacominni
VASCO: Martín Silva, Gilberto, Paulão (Jomar), Rafael Marques e Ramon; Jean, Bruno Paulista (Wellington), Escudero (Guilherme Costa), Mateus Vital e Paulinho; Paulo Vitor. Técnico: Milton Mendes

FONTE :MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário