quarta-feira, 19 de julho de 2017

Com polêmica da arbitragem, Inter derrota Luverdense na Série B

Uma lambança do assistente Marcio Eustáquio Santiago acabou definindo a vitória do Internacional contra o Luverdense por 1 a 0, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, na noite desta terça-feira. 
Santiago sinalizou impedimento de William Pottker e
m um contra-ataque colorado. A defesa do time de Lucas
do Rio Verde olhou o assistente e parou, mas o árbitro Igor Junio Benevenuto mandou o jogo seguir e o time visitante se viu totalmente vulnerável. A bola sobrou para Joanderson, que entrou na área livre e rolou para Pottker anotar o tento do triunfo. Confuso?
O lance ocorreu aos 45 minutos do segundo tempo, após o Luverdense segurar heroicamente o empate sem gols. O lance deixou todos os atletas do time alviverde irados. Eles foram em direção a Santiago e partida foi interrompida. 
Segundo a SporTV, os jogadores do Luverdense chegaram a pensar em não retornar ao jogo caso a arbitragem não anulasse o tento. A partida demorou exatos 13 minutos para ser retomada. O duelo prosseguiu e o Internacional teve a vitória confirmada.
Com o resultado, o time colorado alcançou 24 pontos, mas mantendo a quinta colocação, fora da zona de acesso à Série A. Já o  Luverdense é o 18º, com 16 pontos. 
  • Sofrido até o fim
O time visitante procurou ficar mais na defesa, raramente se arriscando em algum contra-ataque.
A equipe de Porto Alegre chegou a fazer um gol  logo aos 2 minutos da partida. Mas o tento não valeu.  No lance, Edenílson cruzou a bola na área para Nico López, que finalizou de cabeça, mas o juiz assinalou a posição irregular do atacante do Internacional.
O Internacional teve uma leve melhora a partir dos 21 minutos do segundo tempo, quando o meia D'Alessandro deixou o banco de reservas e entrou no lugar de Felipe Gutiérrez. O argentina foi poupado por desgaste físico, segundo anunciou Guto Ferreira antes do jogo.
D'Alessandro ajudou o time a criar lances de melhor qualidade, mas o gol também não saiu.
Aos 40, novamente o Inter teve um gol anulado. D'Alessandro cobrou falta na área para Cláudio Winck, que finalizou de cabeça e marcou, mas o juiz anulou o tento por posição de impedimento do lateral do Internacional.
O goleiro Diogo Silva ainda fez duas defesas incríveis as 45 minutos da etapa final. Ele espalmou a bola em cima da risca em uma cabeçada de Victor Cuesta . No rebote, Carlos finaliza ao gol, mas o arqueiro defende novamente.
O lance acima foi o último antes do gol do Internacional e toda a confusão escrita no início do texto...
  • Próximos jogos
O Internacional voltará a campo somente no próximo sábado para enfrentar o Vila Nova, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 16ª rodada da Série B. Na sexta, o Luverdense jogará contra o Paraná, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde.

FONTE :MSN

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário