domingo, 11 de junho de 2017

Em crise, Flamengo encara o Avaí em Florianópolis

O Flamengo visita o Avaí neste domingo (11) buscando fugir de uma fase turbulenta. O confronto no estádio da Ressacada, em Florianópolis, terá início às 16h e será válido pela sexta
rodada do Campeonato Brasileiro.
Os flamenguistas realizaram um último treino no Rio nesta
sexta (9) sob pressão. Cerca de 200 torcedores organizados estiveram na entrada do CT protestando contra jogadores -em destaque, o goleiro Muralha- e dirigentes do clube. O protesto terminou em confusão, e a Polícia Militar disparou balas de borracha e usou gás de pimenta.O motivo das queixas é a fase do time nos gramados. Desde a eliminação na Libertadores, competição prioritária à época, o Flamengo vive tempos instáveis. A equipe avançou na Copa do Brasil com dificuldades contra o Atlético-GO, e teve um desempenho razoável no Brasileiro: uma vitória, três empates e um revés.
A única derrota ocorreu na última quarta (7): 2 a 0 para o Sport. A diretoria tentou conter a crise, planejou uma tentativa de “choque” no elenco e garantiu um “voto de confiança” ao técnico Zé Ricardo. Ainda assim, o resultado na Ilha do Retiro serviu de estopim para o colapso na Gávea.
“Logicamente não é o início que esperávamos. Temos que parar, avaliar e ver onde podemos melhorar para começar a conquistar as vitórias e subir na tabela”, disse o treinador flamenguista após o último jogo.
O Avaí também vem de derrota -1 a 0 para o Atlético-MG, em Belo Horizonte-, mas não vive pressão igual a do adversário. Apesar do resultado, a equipe de Claudinei Oliveira teve uma boa atuação contra os mineiros.
A missão agora é manter a meta de sempre vencer em casa: o último duelo na Ressacada terminou em vitória por 1 a 0 contra o Sport. “Quando você joga bem, a confiança vem junto. Se pudéssemos ter tido um empate contra o Atlético, que seria mais justo, o ânimo seria melhor. Então temos que começar a fazer gols, vencer”, disso o técnico avaiano.
Claudinei ainda não definiu a equipe titular. O volante Judson e o atacante Júnior Dutra ainda são dúvidas por questões físicas. O lateral-direto Maicon, ex-seleção, foi regularizado e poderá ser relacionado.
Já o Flamengo não poderá contar com dois atletas: o atacante Guerrero e o lateral-esquerdo Trauco, ambos a serviço da seleção peruana. O meia Conca, apresentado em 11 de janeiro, poderá fazer sua estreia pela equipe.
AVAÍ
Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Luan, Judson (Simião), Juan e Marquinhos; Júnior Dutra (Lourenço) e Romulo. T.: Claudinei Oliveira

FLAMENGO
Alex Muralha; Pará, Réver, Juan, Renê; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego, Ederson (Conca); Everton e Leandro Damião. T.: Zé Ricardo

Estádio: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Juiz: Paulo H Schleich Vollkopf (MS)
Horário: 16h de domingo

FONTE - O ESTADO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário