domingo, 25 de junho de 2017

Com dois de Alan Mineiro, Vila Nova vence Goiás e se estabelece no G4

O Vila Nova está se consolidando cada vez mais no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, atuando como visitante no Serra Dourada, o Tigrão venceu o clássico contra o Goiás,
por 2 a 0, com dois gols do ex-corintiano Alan Mineiro, aproveitando erros infantis
da defesa esmeraldina no primeiro tempo.
O triunfo teve um sabor especial para o Vila Nova, que ainda não havia vencido o seu grande rival na temporada, amargando duas derrotas e um empate. Foi para o Goiás, inclusive, que o Tigrão sucumbiu na decisão do Campeonato Goiano, sendo batido nas duas partidas.
Com o resultado, o Vila Nova subiu da quarta para a terceira colocação, com 18 pontos ganhos. O time colorado tentará manter a boa fase contra o Criciúma, na próxima sexta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Serra Dourada. Já o Goiás, que perdeu três posições e caiu para o sétimo lugar, continuou com 14 pontos e buscará a reabilitação já na terça, às 19h15, diante do vice-líder Juventude, em Caxias do Sul.
O jogo – Os torcedores que chegaram atrasados ao Serra Dourada não viram o gol relâmpago de Alan Mineiro, ainda antes de o relógio marcar o primeiro minuto da partida. Tudo porque Victor Bolt errou passe para Everton Sena no campo de defesa. Com o domínio da bola, o meia invadiu a área e tocou no canto direito de Marcelo Rangel, que nada pôde fazer.
O gol não serviu para acordar o Esmeraldino, que continuou errando em demasia no seu campo de defesa. O Tigrão, por sua vez, aproveitou para pressionar e criar as melhores chances. Aos 25, Moisés fez ótimo lançamento para Mateus Anderson na direita. O atacante dominou e rolou para Geovane bater de primeira e acertar o poste esquerdo de Marcelo Rangel.
Com o domínio da partida, o Vila Nova foi premiado com o segundo gol ainda antes do intervalo. Aos 38 minutos, em mais um erro de passe do Goiás, Moisés recebeu na direita, percebeu a saída de Rangel e tocou para Alan Mineiro, com o gol aberto, tocar para a rede, marcando o seu segundo tento na partida.
Precisando fazer seu time reagir, o técnico Sílvio Criciúma promoveu as entradas de Michael e Jean Carlos nos lugares de Aylon e Victor Bolt, respectivamente. E quase deu certo aos 12 minutos, quando Jean bateu falta de longe, exigindo grande defesa do goleiro Wendell.
Relaxado pela vantagem no marcador, o Tigrão recuou e passou a apostar nos contra-ataques. Em um dos raros ataques no segundo tempo, o Vila Nova quase ampliou aos 27 minutos: o atacante Wallyson ganhou dividida com Léo Sena e saiu na cara do gol, que foi bem defendido por Rangel. Aos 42, o mesmo lance se repetiu, com desfecho favorável novamente para o arqueiro esmeraldino.
O Goiás, sem ter melhorado após as mudanças, tentou reagir na base do abafa, sem qualquer organização. O que facilitou o trabalho defensivo do time visitante, que não passou sufoco em momento nenhum e garantiu a quinta vitória na competição.
FICHA TÉCNICA
GOIÁS 0 X 2 VILA NOVA
Local: Estádio Serra Dourada
Data: 24 de junho de 2017, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Público: 10.828 pagantes
Renda: R$ 212.700,00
Cartão Amarelo: Aylon (Goiás); Maguinho, Brunão e Moisés (Vila Nova)
Cartão Vermelho:-
Gols:
VILA NOVA: Alan Mineiro, a 1 e 38 minutos do 1º tempo
GOIÁS: Marcelo Rangel; Tony (Léo Gamalho), Everton Sena, Alex Alves e Carlinhos; Pedro Bambu, Victor Bolt (Jean Carlos), Léo Sena e Tiago Luís; Carlos Eduardo e Aylon (Michael)
Técnico: Sílvio Criciúma
VILA NOVA: Wendell; Maguinho, Wesley Matos, Guilherme Teixeira e Brunão (Mateus Muller); Geovane, PH, Alan Mineiro e Alípio; Mateus Anderson (Wallyson) e Moisés (Léo Rodrigues)
Técnico: Hemerson Maria

FONTE - GAZETA ESPORTIVA
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário