terça-feira, 27 de junho de 2017

Ceará: na Série B, só um terço dos gols do time é de atacantes e isso não é necessariamente ruim

Com exceção de três gols marcados por Roberto e um anotado por Arthur, todos os outros tentos do Ceará na Série B do Campeonato Brasileiro foram marcados por meio-campistas ou defensores.

Em 10 jogos a produção ofensiva do Alvinegro quando o assu
nto é gols está abaixo do desejável. São 12, média de 1,2 por partida. Destes, portanto, apenas quatro foram marcados por jogadores efetivamente de ataque. A má fase de Magno Alves, que não marca faz 10 jogos, ajuda a explicar, mas os outros atletas da frente também têm deixado muito a desejar (a exceção é Roberto, o mais lúcido do setor) ou por contusão ou por falta de talento para finalizar.
Neste cenário, atletas de outras posições têm suprido como podem o ruim desempenho dos atacantes e eis aí uma característica relevante do elenco, que certamente ficará mais forte caso os jogadores da frente tenham desempenho melhor. É importante que ninguém se omita. Rafael Carioca, por exemplo, atuando como lateral esquerdo ou no meio-campo também tem três gols marcados na Série B e divide a artilharia com Roberto. Pedro Ken tem dois e com um gol aparecem os zagueiros Rafael Pereira e Valdo, além de Felipe Menezes.
Os gols do Ceará na Segundona em 2017:
Náutico 0x2 Ceará – Roberto e Felipe Menezes
Ceará 1×0 Londrina – Roberto
Brasil 2×3 Ceará – Rafael Pereira, Rafael Carioca e Arthur
Ceará 1×3 Santa Cruz – Pedro Ken
Ceará 1×1 Luverdense – Rafael Carioca
Vila Nova 1×1 Ceará – Roberto
Ceará 3×0 Oeste – Valdo, Pedro Ken e Rafael Carioca

FONTE - O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário