quinta-feira, 29 de junho de 2017

Bravo! Nos pênaltis, Chile cresce, vence Portugal e está na final

No duelo entre os campeões europeus e os sul-americanos, foram as defesas e os goleiros que sobressaíram. Em partida disputada na Arena Kazan,
pela semifinal da Copa das Confederações, o Chile venceu nos pênaltis, após um empate por 0 a 0 no tempo normal. Claudio Bravo defendeu três cobranças, garantindo a classificação.
Agora, os chilenos esperam o vencedor do duelo entre Alemanha e México, nesta quinta-feira, às 15h (de Brasília), em Sochi. A grande final da competição acontece no próximo domingo, dia 2 de julho, também às 15h, em São Petersburgo, na Zenit Arena. Já os portugueses encaram o perdedor em Moscou.

O JOGO
Os goleiros começaram bem a partida, trabalhando muito e salvando chances perigosas dos dois lados. Com a posse de bola bem dividida, os chilenos tentavam se aproveitar dos espaços no meio deixados pelos portugueses, enquanto Cristiano Ronaldo deu dois passes açucarados para seus companheiros, que não aproveitaram.
Na segunda etapa, Portugal chegou pressionando mais e criando chances perigosas. Os adversários, porém, não ficaram para trás e acabaram perdendo uma oportunidade com Vidal, aos oito minutos, e outra com Vargas, aos 11. O jogo ficou quente, com reclamações dos dois lados e muitas faltas.
Nos minutos finais, as equipes passaram a jogar com um ritmo mais devagar e dosado, esperando apenas erros dos adversários para tentar arriscar. O Chile, com maior posse de bola, tentava trocar passes para chegar à área. Já os lusos, que chutaram mais ao gol, se fecharam. Sem gols no placar pela primeira vez na Copa das Confederações, o duelo foi para a prorrogação.
No primeiro tempo da prorrogação, o time comandado por Fernando Santos foi quem comandou as ações, ficando mais tempo com a bola. Se do lado português as alterações foram na tentativa de dar mais gás ao grupo, Juan Antonio Pizzi manteve o time que começou em campo durante praticamente todo tempo.
No segundo tempo, aos sete minutos, Sánchez fez boa jogada pelo meio e entregou na esquerda para Silva, que tinha acabado de entrar. Elle driblou e recebeu pisão de Fonte dentro da área, mas o árbitro não assinalou a penalidade, assim como os auxiliares de vídeo. Os chilenos, superiores e querendo decidir, ainda lamentaram duas bolas no travessão, já aos 13 minutos.
O embate acabou indo para os pênaltis. Vidal, Aranguíz e Sánchez marcaram para o Chile, e viram Claudio Bravo defender as cobrança de Quaresma, Moutinho e Nani, garantindo a primeira vitória de sua equipe sobre Portugal na história e a vaga na final.
FICHA TÉCNICA
PORTUGAL (0)0x0(3) CHILE
DATA: 28/06/2017 - 15h (de Brasília)
LOCAL: Kazan Arena, em Kazan (RUS)
ÁRBITRO: Alireza Faghani (IRN)
GOLS: -
CARTÕES AMARELOS: Jara, Pablo Hernández (CHI), William, André Silva, José Fonte, Bruno Alves, Cédric (POR)
CARTÕES VERMELHOS: -
PORTUGAL: Rui Patricio; Cedric, Fonte, Alves, Eliseu; Carvalho, Adrien Silva (João Moutinho - 11'/1ºTPR), André Gomes (Gelson Martins - 10'/2ºTPR); Bernardo Silva (Quaresma - 37'/2ºT); Andre Silva (Nani - 30'/2ºT), Cristiano Ronaldo. Técnico: Fernando Santos.
CHILE: Bravo; Isla (Fuenzalida - 14'/2ºTPR), Jara, Medel, Beausejour; Hernandez (Silva - 6'/2ºTPR), Díaz, Aranguíz; Vidal; Vargas (Martín Rodríguez - 39'/2ºT), Sánchez. Técnico: Juan Antonio Pizzi.

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário