quinta-feira, 1 de junho de 2017

Apesar de eliminação, Inter aprova atuação e espera repetir pegada na Série B

Apesar da vitória de 2 a 1 em cima do Palmeiras, o Internacional acabou eliminado da Copa do Brasil pelo gol qualificado fora de casa.
Mesmo assim, a partida do Colorado Gaúcho foi vista com bons olhos pelo torcedor, pela direção do clube e pelo elenco. Até agora, contra times da Série A, foram seis jogos: o Inter conquistou duas vitórias, três empates e apenas uma derrota. O vice-presidente de futebol do Internacional, Roberto Melo, avisou que agora o grupo precisa transferir essa motivação que teve nas partidas contra os times de Série A para os confrontos na Série B.

“Tem que transferir, até porque agora nos sobrou o nosso principal campeonato. Então, tem a obrigação de transferir. Conversamos sobre isso agora no vestiário e eu tenho certeza que a partir de sábado vamos mostrar a mesmo empenho contra o Juventude e no restante do Campeonato”, ressaltou o dirigente. Além da Série B, o Internacional ainda tem a Primeira Liga para disputar e pode voltar a enfrentar times que estão atuando na elite do Campeonato Nacional.O volante Edenílson, que foi um dos destaques nessa quarta, lamentou a eliminação. “Infelizmente o futebol é assim. Por uma bola a gente saiu eliminado, mas o jogo bem jogado e agora colocar tudo isso em prática no sábado”, avaliou. O jogador também ressaltou que o grupo precisa ter a mesma entrega em todos os jogos. “A gente sabe que a Série B é difícil e a gente tem que entrar todo jogo como se jogar contra um time como foi contra o Palmeiras. Infelizmente a gente errou na última partida contra o Paysandu ao não entrar com essa mesma pegada. A gente tem que entrar com esse espírito para ganhar os jogos independente da equipe que a gente for enfrentar”, destacou.
Edenílson classificou a apresentação do grupo no duelo como “impecável” e ofereceu a vitória para o ex-técnico colorado Antônio Carlos Zago e toda a comissão técnica que foi demitida. “O futebol é engraçado porque nem sempre quem joga melhor se classifica. O jogo que a gente fez foi praticamente impecável tirando a bola do gol. Acho que a torcida merecia um jogo assim e comissão técnica que saiu também merecia. Infelizmente a gente não pôde dar esse jogo para eles, que eles tenham visto e que aceito o nosso pedido de desculpas. Essa entrega foi o trabalho que a comissão que saiu deixou”, disse o atleta.
Na tarde desta quinta-feira, o Internacional vai apresentar Guto Ferreira como novo técnico do clube. No sábado, às 19h (de Brasília), o time enfrenta o Juventude, no Estádio Beira-Rio, pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.


FONTE - GAZETA ESPORTIVA
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário