sábado, 10 de junho de 2017

Ao bater o CRB, Criciúma vence a primeira e deixa lanterna, mas segue no Z-4

Enfim, a vitória! Após cinco rodadas na Série B e apenas um ponto conquistado, o Criciúma venceu seu primeiro jogo na competição em 2017: 1 a 0 sobre o CRB. No Heriberto Hülse, pela sexta rodada, o pressionado Tigre precisou de apenas nove minutos para marcar o primeiro o único gol da partida, com Caio Rangel, após bonita matada e chute preciso. Com boas chances para ambos os lados, levou melhor o time da casa, que ainda acertou a trave e exigiu defesas do goleiro Juliano, enquanto o time alagoano também teve seus momentos, mas amargou o terceiro revés seguido.Com a vitória, o Criciúma chega aos 4 pontos e deixa a lanterna, mas segue na zona de rebaixamento. Dorme na 18ª posição, mas ainda pode cair ao final da rodada. Já o CRB segue com 7 pontos e na 12ª posição, mas com risco de perder algumas colocações neste sábado.O Tigre segue em Santa Catarina para a sétima rodada, mas joga na capital, contra o Figueirense, na terça-feira, às 20h30, no Orlando Scarpelli. O time alagoano volta para casa, onde recebe o Vila Nova no Rei Pelé, no mesmo dia e horário, na chamada superterça, com 10 partidas da Série B realizadas no mesmo dia.Sem vitórias na competição e já com uma troca de comando, o Criciúma começou pressionado pelos resultados e tentando pressionar em campo, aproveitando o fator casa. Logo aos 2 minutos, Alex Maranhão finalizou pela primeira vez, apesar de pegar mal na bola, com a perna mais fraca, a direita. Quatro minutos depois, o CRB mostrou que não viajou a Santa Catarina para brincar. Élvis, que já passou pelo Tigre, ajeitou de fora da área e bateu bonito, mas ficou no quase. E foi o time da casa quem saiu na frente. Caio Rangel fez um bonito gol, ao pegar o rebote, matar no peito e bater com o peito do pé, com precisão ,antes de sair para o abraço, aos 9.O primeiro tempo não parou por ai. Ainda faltavam mais de 35 minutos. Antes do intervalo, o CRB ainda pediu pênalti em Neto Baiano, perdeu grande chance dentro da pequena área com Adalberto e em chute de Élvis, jogador que mais incomodou a defesa tricolor. O time mandante não ficou apenas observando após abrir o placar: Fabinho Alves, por duas vezes, ficou muito perto de ampliar, mas parou na boa defesa de Juliano, em finalização de cabeça, e na trave, em chute estiloso após corte entre os defensores.Logo no início da etapa complementar, o CRB já conseguiu chegar com ênfase. Élvis rolou para Danilo Pires carimbar a zaga do Tigre, que também levou perigo à meta adversária, com Zé Roberto, na sobra dentro da área. Duas mudanças para cada lado, mas nenhuma alteração significativa no panorama do jogo. Pelo contrário: a partida caiu em ritmo e qualidade técnica. As últimas mudanças de cada lado surgiram por volta dos 30 minutos, mas novamente os resultados foram pouco visíveis. Nem os três minutos de acréscimos foram suficientes para o time alagoano mudar o placar, apesar da chance com Ytalo aos 46. Fim de jogo, Criciúma 1 x 0 CRB.

FONTE - G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário