segunda-feira, 26 de junho de 2017

Alemanha bate Camarões em 2º tempo animado e termina como líder

Com todos os quatro gols, a segunda etapa do duelo entre Alemanha e Camarões foi bastante animada
e decisiva para a vitória de 3 a 1 dos europeus. Neste domingo, em Sochi, o atual campeão mundial confirmou o favoritismo e, invicto, terminou a primeira fase como líder do Grupo B da Confederações, com sete pontos. Os africanos ficam na lanterna, com apenas um ponto.

Agora, a Alemanha terá o México, segundo colocado do Grupo A, como adversário em uma das semifinais da Copa das Confederações - a outra será entre Portugal e Chile. Os alemães e mexicanos se enfrentam nesta quinta-feira, às 15h (de Brasília), também em Sochi.Praticamente sem chances de avançar, Camarões teve uma postura louvável durante o primeiro tempo. Bem postada taticamente, apostando nas investidas de Bassogog e na precisão de Aboubakar, a equipe de Hugo Broos segurou o ímpeto dos favoritos alemães, que jogaram com três zagueiros e só o centroavante Werner como referência na área.
Mesmo morna, a etapa inicial contou com boas chances de ambos os lados. Pelo lado europeu, Kimmich e Can chegaram perto, enquanto para os africanos, Bassogog e Anguissa pararam em Ter Stegen. Aboubakar, cabe destacar, tentou marcar do meio da rua, sem sucesso.Na segunda etapa, a superioridade técnica dos germânicos fez a diferença. Camisa 10, Demirbay recebeu lindo passe de letra de Draxler e acertou um belo chute de fora da área, abrindo o marcador logo aos dois minutos. Pouco depois, houve uma saraivada de finalizações, com o goleiro Ondoa salvando os Leões Indomáveis de uma goleada.
Com cerca de 15 minutos, o arbitro Wilmar Roldán pediu consulta de vídeo. Siani recebeu cartão amarelo, mas quem fez a dura falta foi Mabouka. Após a consulta, o árbitro deu vermelho para Siani, que sequer estava na jogada! Depois, o juiz consertou o erro e mandou, corretamente, o lateral-direito para o chuveiro. Logo depois, exatamente no local onde estaria Mabouka, Werner aproveitou o cruzamento de Kimmich e, em sua especialidade, ampliou a vantagem: 2 a 0.
A fria seleção de Joachim Löw passava a gastar a bola, enquanto esperava o apito derradeiro, porém Aboubakar descontou, em seu primeiro gol no torneio. A pressão esperada pelos africanos, contudo, não ocorreu.
Ao contrário, já que os atuais campeões do mundo encontraram muitos espaços, inclusive para chegar ao seu terceiro, anotado novamente por Werner, com passe de Henrichs. O jogo terminou como uma "pelada" de domingo.FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 3 x 1 CAMARÕES
​Cartão vermelho: Mabouka (CAM)
GOLS: Demirbay, 2'/2°T (1-0), Werner, 20'/2ºT (0-2), Aboubakar, 33'/2ºT (2-1) e Werner, 36'/2ºT (3-1)
Data: 25/06-2017 - 12h (de Brasília)
Local: Fisht Stadium, em Sochi (RUS)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
ALEMANHA: Ter Stegen; Ginter, Mustafi e Rudiger; Kimmich, Emre Can; Rudy (Henrichs, 28'/2ºT), Plattenhardt, Draxler (Younes, 35'/2ºT) e Demirbay (Brandt, 33'/2ºT); Werner. Técnico: Joachim Löw.
CAMARÕES: Ondoa; Mabouka, Teikeu, Ngadjui e Fai; Siani, Djoum (Ngamaleu, 12'/2ºT) e Anguissa; Bassogog (Ekambi, 37', 2ºT), Aboubakar e Moukandjo (Guihoata, 24'/2ºT). Técnico: Hugo Broos.

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário