sábado, 6 de maio de 2017

Tite admite ter tido medo de deixar a Seleção fora da Copa de 2018

O técnico Tite teve um início histórico no comando da Seleção Brasileira e conseguiu consolidar a equipe como a primeira a garantir classificação para a Copa do Mundo de 2018. O desafio, porém, chegou
a ser uma preocupação para o treinador, que assumiu o Brasil na sexta colocação das Eliminatórias Sul-Americanas. Nesta sexta-feira, o comandante admitiu que, antes do início de seu trabalho, teve medo de ser o primeiro a deixar o time canarinho de fora do Mundial.
“Quando fui convidado tive muitas dúvidas sobre aceitar ou não em função de uma série de aspectos, inclusive a posição e o momento que a Seleção enfrentava. Eram seis jogos, tinham mais 12, e eu precisava me reinventar como técnico. Jogar com Equador na altitude, e depois a Colômbia na sequência, uma das seleções que mais vem crescendo em qualidade na América do Sul”, afirmou. “Uma coisa que me pesava era a possibilidade de ser o primeiro técnico a não classificar a Seleção a uma Copa. Eu tive medo, sim“, completou o treinador, em entrevista à Rádio Jovem Pan
O resultado, porém, foi outro. Com menos de um ano de trabalho no comando da Seleção Brasileira, Tite acumula oito vitórias em oito jogos, classificando o Brasil para a Copa do Mundo de 2018 sem grandes dificuldades.
Com o primeiro desafio concretizado, o treinador agora procura montar seu grupo em busca do hexacampeonato. Uma das grandes contestações em relação ao trabalho de Tite é as opções escolhidos pelo técnico para a posição de goleiro, já que muitos pedem a convocação de Diego Alves, arqueiro do Valencia, que recentemente se tornou o recordista em defesas de pênalti na história do Campeonato Espanhol.
Ciente do bom desempenho de Diego Alves, Tite confirmou que o arqueiro está no radar dele e do preparador de goleiros da Seleção, Cláudio Taffarel, para uma possível oportunidade em um futuro próximo.
“No início do trabalho a logística era do Taffarel trazer os nomes para conversarmos democraticamente sobre as opções, mas a decisão final era de cada autonomia. Aprendemos que era pouco, aí começamos a acompanhar os treinamentos destes goleiros (nos clubes)”, afirmou. “Claro que o Diego (Alves) está nesta lista. Claro que tem a possibilidade e está no radar pelo nível. Assim como esteve o Ederson, por exemplo”, completou.


FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário