quinta-feira, 18 de maio de 2017

Sport arranca empate, mas é o Bahia quem sai mais feliz da Ilha do Retiro no jogo de ida do Nordestão

O jogo de ida da final da Copa do Nordeste foi emocionante. A partida na Ilha do Retiro contou com muito equilíbrio,
lances duros e um empate por 1 a 1 que mantém tudo aberto para o segundo jogo, em Salvador, na próxima semana. Em casa, o Sport não conseguiu vencer e viu o Bahia abrir o placar. Contou com um gol no final do jogo para arrancar o empate.
Sem poder contar com o meia Régis, o técnico do Bahia, Guto Ferreira, apostou em um jogador de marcação para o seu lugar: Matheus Sales. Com isso, o volante ficou ao lado de Renê Junior na marcação, liberando mais Juninho para chegar ao ataque.
O Sport, por sua vez, contava com a volta de Diego Souza, depois de ficar duas partidas fora por lesão. Ney Franco abriu mão de três volantes e tentou uma escalação mais ofensiva para pressionar os baianos na Ilha do Retiro. Foi uma linha ofensiva com Diego Souza, Everton Felipe e Rogério, com André no ataque.
O começo foi com o Sport pressionando. Matheus Ferraz cabeceou uma bola na trave que empolgou os torcedores. O Sport era quem mais chegava nos primeiros minutos, fazendo com que a estratégia inicial do time desse certo. Rogério também foi perigoso em um chute de sem pulo, depois de jogada de Diego Souza.
O Bahia também ameaçou. Aos 36 minutos, Allione foi lançado em velocidade, toca a bola e caiu depois da chegada do goleiro Magrão. Os jogadores do Bahia pediram pênalti, enquanto os do Sport pediram simulação. O árbitro mandou seguir, sem marcar nada.
Alguns corações rubro-negros pararam aos 43 minutos na Ilha do Retiro. Depois de uma bola alçada na área e um desvio, a bola sobrou para Zé Rafael finalizar de pé esquerdo, no cantinho de Magrão, e marcar. Só que o árbitro anulou: Renê Júnior, em posição de impedimento, estava no caminho entre a bola e o gol. O auxiliar e o árbitro consideraram que ele participa do lance. Gol anulado.
O jogo seguia equilibrado no segundo tempo. Aos 11 minutos, em um ataque pela esquerda, Matheus Reis cruzou, a defesa do Sport não conseguiu afastar e Juninho, no meio da área, encheu o pé para estudar a rede: Bahia 1 a 0.
O jogo ficou quente. O Sport foi para cima com muito mais ímpeto. Começou a ficar mais perto da área adversária, mas também deu mais chance para o Bahia contra-atacar. Aos 17, Zé Rafael roubou a bola no campo de ataque, avançou e tocou para trás. Juninho chegou batendo forte e Magrão defendeu.
Curiosamente, porém, não foi em um contra-ataque que o Bahia quase chegou ao segundo, mas em uma bola parada. Juninho cobrou falta na área, e Edigar Junio apareceu livre na segunda trave para cabecear. Magrão evitou o segundo gol do Tricolor de Aço na Ilha.
O Bahia ameaçava em cruzamentos para a área e em ataques usando a velocidade e habilidade de Rogério. Em um dos lances, o atacante costurou pela esquerda até puxar para o meio e ser travado bem na hora da finalização.
Foi preciso então que uma estrela brilhasse. Aos 36 minutos, em cobrança de escanteio do lado direito do ataque, Juninho, que entrou no lugar de Everton Felipe, tocou de cabeça para marcar. Foi o sexto gol em 16 jogos de Juninho pelo Sport, um garoto que está brilhando no seu início de carreira no clube. Os 18 anos, o garoto tem entrado bem nos jogos do Sport.
Com o jogo quente demais, o Bahia tentou esfriar um pouco. Ao invés de tentar contra-ataques em velocidade alucinada, cadência no toque de bola. O Sport, claro, estava insatisfeito com o resultado, mas não se desorganizou. Afinal, ainda tinha um segundo jogo.
Como o Nordestão tem gol fora de casa como critério de desempate, empate por 0 a 0 dá o título ao Bahia na Fonte Nova. Empate por dois ou mais gols dá o título ao Sport. Tem tudo para ser uma grande partida em Salvador. Equilibrado como foi este jogo de ida, é bem possível que tenhamos o mesmo cenário na volta. Com a vantagem para o Bahia por jogar em casa. E só por isso.



FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário