segunda-feira, 8 de maio de 2017

Novo Hamburgo vence Inter nos pênaltis e fica com o título do Gauchão

O Novo Hamburgo é o campeão do Campeonato Gaúcho de 2017. Neste domingo, o Anilado enfrentou o Internacional, no Estádio Centenário, no jogo de volta da final do Estadual, e conseguiu passar
pelo Colorado ao vencer por 3 a 1 nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal.
Com o resultado, o Novo Hamburgo, que surpreendeu a todos e foi a grande sensação do torneio, conquistou o primeiro Campeonato Gaúcho de sua história.
Com o encerramento do Campeonato Gaúcho, o Inter agora foca suas atenções para a disputa da Série B na tentativa de retornar à elite do futebol nacional. A estreia colorada será no próximo sábado, às 16h30(de Brasília), quando visita o Londrina, no Estádio do Café.
Já o Novo Hamburgo disputará a Série D do Campeonato Brasileiro. O Anilado estreia em confronto diante do São Bernardo, em casa, no próximo dia 21 de maio.
O jogo – A partida começou movimentada e o Novo Hamburgo teve boa oportunidade logo aos dois minutos, em cabeçada de João Paulo para fora na entrada da pequena área.
Logo na sequência, aos seis, o Inter reclamou de um lance polêmico. Nico López escapou pela esquerda e cruzou para a área. O lateral direito Léo e o atacante Brenner se enroscaram dentro da área e os jogadores colorados ficaram pedindo o pênalti. O árbitro, porém, mandou o jogo seguir.
Após o lance, o jogo ficou lá e cá. Aos sete, D’Alessandro cobrou falta em direção ao gol e obrigou Matheus a se esticar para salvar. Já aos 11 foi a vez de Preto assustar na bola parada pelo lado do Novo Hamburgo.
Apesar do equilíbrio, o Noia aproveitou de uma infelicidade do zagueiro Ernando para sair na frente. Aos 21 minutos, Assis cruzou a bola para a área e o zagueiro, que foi escalado improvisado na lateral esquerda, acabou mandando contra a própria rede na tentativa de afastar, dando a vantagem ao Novo Hamburgo no placar.
Nos minutos seguintes, o Inter passou a pressionarem busca do empate, mas conseguiu criar poucas chances efetivas. Aos 29 minutos, Brenner recebeu cara a cara com o goleiro, mas o árbitro marcou posição de impedimento. Já aos 36, foi a vez de Nico López tentar finalização, mas mandar longe do gol. Ainda deu tempo para um última oportunidade, aos 45, mas novamente Brenner recebeu em condição irregular. Com isso, o duelo foi para o intervalo com vantagem de 1 a 0 para o Novo Hamburgo.
Se não marcou durante o primeiro tempo, o Inter não demorou para balançar a rede na segunda etapa. Aos três minutos, D’Alessandro cruzou a bola para a área, Brenner e Léo se enroscaram na disputa e a bola ficou com Rodrigo Dourado. O volante finalizou para o gol e deixou tudo igual no Estádio Centenário.
Após marcar, o Inter passou a tomar conta do jogo em busca da virada. Aos 10 minutos, D’Alessandro bateu falta direto para o gol e quase fez o goleiro Matheus de complicar. Já aos 16, foi a vez de Carlos mandar uma bomba por cima e assustar os jogadores do Anilado.
Na sequência, aos 19 e 21, o Inter assustou em oportunidades de D’Alessandro e Uendel. No entanto, a principal chance veio aos 23. Brenner aproveitou passe de Nico López e rolou para D’Alessandro. O meia argentino recebeu livre dentro da área, mas chutou para fora.
Nos minutos seguintes, o Novo Hamburgo equilibrou o jogo e teve chances para marcar. Aos 26, Lucas Santos aproveitou cruzamento e mandou de cabeça, porém, a bola foi para fora. Já aos 27, novamente o atacante teve a oportunidade, mas finalizou pela linha de fundo.
Nos instantes finais, as equipes atacaram com menos força para evitar surpresas. O Inter ainda teve as melhores chances para sair com a vitória, mas não foi efetivo para balançar as redes.
O Colorado ainda teve uma última chance aos 46 minutos. D’Alessandro dominou pelo meio e acionou William. O lateral recebeu livre dentro da área, mas se enroscou com a bola. Com isso, o goleiro Matheus se recuperou e fez a defesa, em incrível chance perdida pelo Inter. Após este lance, não houveram mais oportunidades e o árbitro apitou para o título ser decidido na disputa por pênaltis.
Na disputa por pênaltis, o Internacional perdeu três cobranças com D’Alessandro, Nico López e Víctor Cuesta, e o Novo Hamburgo conseguiu ser mais efetivo para vencer por 3 a 1 e se sagrar campeão do Campeonato Gaúcho.
FICHA TÉCNICA
NOVO HAMBURGO (3)1X1(1) INTERNACIONAL
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 07 de maio de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael Da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)
Público: Não Divulgado
Renda: Não Divulgado
Cartões Amarelos: Pablo e Júlio Santos (Novo Hamburgo); D’Alessandro(Internacional)
Cartões Vermelhos: Nenhum
GOLS:
NOVO HAMBURGO – Ernando(contra), aos 21 minutos do primeiro tempo
INTERNACIONAL – Rodrigo Dourado, aos três minutos do segundo tempo
NOVO HAMBURGO: Matheus; Léo, Júlio Santos, Pablo e Assis(Léo Carioca); Amaral, Jardel, Preto e Juninho Silva; Branquinho(Lucas Santos) e João Paulo
Técnico: Beto Campos
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Ernando(Carlos)(Diego); Rodrigo Dourado, Uendel, Edenílson(Valdívia), D’Alessandro e Nico López; Brenner

Técnico: Antônio Carlos Zago


FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário