quinta-feira, 4 de maio de 2017

Mesmo vice-campeão estadual, Ferroviário celebra feitos

O jejum de 22 anos não foi quebrado, mas o Ferroviário terminou o Campeonato Cearense
com muitos motivos para comemorar. O vice-campeonato, do Tubarão da Barra garantiu um calendário cheio para 2018, revelou novos atletas e resgatou velhos conhecidos.
O Ferroviário nem deveria estar no Estadual. Após deixar escapar o acesso ano passado e perder sucessivas batalhas nos tribunais, o time coral viu uma vaga na elite cair em seu colo com a desistência do Alto Santo. Em pouco menos de um mês, formou uma equipe que chamou a atenção na estreia ao empatar com o Fortaleza por 2 a 2.
Com Marcelo Vilar, a equipe ganhou uma escalação titular. Com Vladimir de Jesus, padrão de jogo. Deixou para trás Horizonte, nas quartas, e Fortaleza, nas semifinais, em três jogos que tão cedo não serão esquecidos.
O 2º lugar dá ao Ferroviário a chance de voltar ao cenário do futebol nacional em duas competições. Na Série D do Brasileiro e Copa do Brasil. E garante o clube também na Copa do Nordeste 2018. Torneios que atraem patrocinadores e oferecem cotas de participação — com exceção da Série D.
Além das conquistas, o time coral revelou peças como Túlio, Maxuell e Jonathas. E deu nova oportunidade a veteranos como Mota, Mimi e Assisinho. Tudo isso com o modesto investimento de R$ 75 mil mensais.
O maior feito do Tubarão no Cearense, porém, foi devolver ao torcedor a esperança de ver a equipe brilhar novamente. E a certeza de que o Ferroviário é grande. (Brenno Rebouças)


FONTE - O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário