segunda-feira, 1 de maio de 2017

Com golaço de Allione e expulsões, Bahia supera Vitória e avança para final da Copa do Nordeste

O Bahia bateu o Vitória por dois a zero, neste domingo na Arena Fonte Nova, e
se classificou para a final da Copa do Nordeste. O time de Guto Ferreira jogou melhor os 90 minutos e agora espera o adversário do duelo entre Santa Cruz x Sport.
No primeiro jogo o Vitória havia superado o Bahia por dois a um. Com o gol marcado fora, o Bahia precisava de um triunfo simples para se classificar.
Os times ainda se encontrão na próxima semana para a disputa das finais do Campeonato Baiano.
  • Clima antes do jogo
O clássico baiano foi realizado com torcida única. Antes da partida o entorno da Arena Fonte Nova foi tomado por tricolores.
A chegada do ônibus do Bahia chamou atenção. O presidente do clube desceu do meio da torcida seguido pelos jogadores do clube que ganharam o apoio total dos torcedores. Mais tarde, a assessoria do clube explicou que os jogadores foram andando até o vestiário porque o ônibus do clube quebrou.
  • Golaço de Allione para abrir o placar
O jogo começou com muita marcação, principalmente no meio de campo, e falta de criatividade de ambas equipes. Até a metade do primeiro tempo os goleiros não haviam feito nenhuma defesa. O Bahia não conseguia criar e o Vitória jogava com o regulamento embaixo do braço.
A partir dos 30 minutos o Bahia melhorou e começou a mandar na partida. Aos 31, Zé Rafael deixou de letra para Edigar Junio. O atacante arriscou o chute, que foi defendido por Fernando Miguel.
O Bahia abriu o placar aos 37 minutos com um golaço de Allione. O argentino recebeu na entrada da área, brilhou Bruno Ramires e bate colocado.
Após o gol o Bahia continuou pressionando, em menos de um minutos, Edigar Junio e Armero criam jogadas pela esquerda. Foram 8 finalizações para o Bahia contra apenas 1 dos visitantes.
  • SEGUNDO DO BAHIA E EXPULSÕES
O Segundo tempo começou com as chances criadas pelas duas equipes. Logo aos quatro minutos Euller cobrou falta quase no meio de campo e levantou a bola na área. Jean saiu errado do gol e Alan Costa desviou para o meio da área. David se joga, toca na bola, mas manda para fora.
Aos nove minutos Allione perdeu uma chance inacreditável. O argentino recebeu na cara do gol e mandou para fora.
O Bahia fez o segundo gol aos 14 minutos. Régis recebeu passe de Eduardo dentro da área, passou com facilidade por Kanu e mandou no canto de Fernando Miguel. Na comemoração o jogador foi para torcida, levou o segundo amarelo e foi expulso de campo. O meia havia tomado um cartão amarelo um minuto antes de marcar.

O Vitória não conseguiu aproveitar a vantagem numérica. Aos 17 minutos, no contra-ataque do Bahia o lateral Patric, último homem do Leão, fez falta em Edigar Junio. O árbitro deu apenas amarelo. O cartão vermelho só veio após o jogador se desentender com Armero.

O clássico marcou o maior público do Bahia na temporada. Foram 34.599 pagantes. 

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário