quinta-feira, 11 de maio de 2017

Clássico de Madri: Atlético vence; vaga fica com Real

Como sempre acontece com o Atlético de Madri
na Liga dos Campeões, o time fez sua torcida sonhar e depois cair na decepção. Apesar da vitória por 2 a 1 no clássico da capital espanhola, o time não se classificou para a final da Liga dos Campeões. A vaga ficou com o Real Madrid, que vai enfrentar a Juventus, dia 3 de junho, em Cardiff, País de Gales. Após perder a primeira semifinal por 3 a 0, no estádio Santiago Bernabéu, o Atleti precisava atacar e sair do estilo cauteloso, de contragolpe, imposto pelo técnico argentino Diego Simeone. Deu certo. Após 15 minutos, os donos da casa venciam por 2 a 0. Saúl Ñiguez abriu o placar de cabeça aos 11. Em seguida, Griezmann converteu pênalti sofrido por Fernando ‘El Niño’ Torres.
Vai reverter?
Naquele momento, a virada parecia possível. O público tentava intimidar os jogadores merengues que, aos poucos, começaram a tocar a bola e tomar conta do jogo. Na verdade, era o time colchonero quem não poderia se dar ao luxo de cometer um erro. Pela esquerda, os visitantes ameaçavam. Sem criar nenhuma chance real, mas era um sinal de que há qualquer instante, o entusiasmo poderia receber um golpe fatal.

Esse veio aos 41, em um erro de marcação do Atlético, o ponto mais forte do time. Benzema fez grande jogada individual, passou por três marcadores e, sem deixar a bola sair, cruzou para o meia Toni Kroos. Isco aproveitou o rebote e fez o gol que, na prática, selou a classificação do Real Madrid. Com isso, o Atlético passava a ter obrigação de vencer por quatro de vantagem.
Sob controle
O Atlético sentiu o golpe. No segundo tempo, tentou os lançamentos em profundidade para aproveitar a velocidade de Griezmann. Pressionou a saída de bola do Real para tentar recuperá-la no campo de ataque. Não deu resultado. Experientes em jogos decisivos, os jogadores do Real sabiam como sair das armadilhas e apenas controlaram o jogo até o apito final. A melhor chance do Atlético aconteceu aos 21 do segundo tempo, quando o goleiro Keylor Navas fez duas defesas em sequência. Uma em chute de Carrasco e outra em cabeçada de Gameiro.


FONTE - O ESTADO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário