quarta-feira, 17 de maio de 2017

CBF analisa polêmicas e aponta erros de árbitros nas Séries A e B

A partir dessa temporada, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai divulgar uma análise dos lances polêmicos do Campeonato Brasileiro, tanto na Série A quanto na B. A novidade é
chamada de “Decisões de Arbitragem” e está disponível no site oficial da instituição que comanda o futebol nacional. A organização dos vídeos explicativos será de Ana Paula Oliveira, coordenadora nacional de Instrução, e por Alício Pena Júnior, presidente interino da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF).
O projeto já é um sucesso no México e, aqui no Brasil, est
reou nessa terça-feira com esclarecimentos sobre oito lances de jogos diferentes, sendo seis deles da divisão de elite. Em quatro análises, a Comissão de Arbitragem da CBF acusou erro na decisão dos árbitros. A mesma comissão também apontou acertos dos árbitros em lances dos seguintes jogos: Cruzeiro x São Paulo; Flamengo x Atlético-MG; Ponte Preta x Sport; Londrina x Internacional.
Confira as explicações oficiais da CBF para os equívocos dos árbitros na 1ª rodada:
Jogo: Corinthians-SP 1 x 1 Chapecoense-SC, Arena Corinthians
Árbitro erra contra a Chapecoense
Descrição do lance: jogador defensor bloqueia com o braço a bola chutada pelo atacante dentro da área penal. Árbitro nada marca.
Aplicação da regra: o jogador defensor pratica uma infração ao lançar-se na bola de forma deliberada. A jogada não foi caracterizada como ataque promissor.
Decisão regulamentar: tiro penal sem cartão.
Jogo: Grêmio-RS 2 x 0 Botafogo-RJ, Arena do Grêmio
Árbitro erra contra o Botafogo
Descrição do lance: Jogador atacante toca a bola com a mão alterando sua trajetória. Árbitro valida gol.
Aplicação da regra: Jogador que toca deliberadamente a bola com a mão deve ser punido com tiro livre direto contra sua equipe.
Decisão regulamentar: Falta – tiro livre direto.
Jogo: Avaí-SC 0 x 0 Vitória-BA, Ressacada
Árbitro erra contra o Avaí
Descrição do lance: Jogador defensor comete uma infração temerária (tesoura) contra o adversário dentro da área ao disputar a bola. Árbitro nada marca.
Aplicação da regra: O jogador defensor que comete uma infração temerária dentro da área penal deve ser punido com tiro penal e cartão amartelo.
Decisão: Tiro penal e cartão amarelo.
Jogo: Náutico-PE 0 x 0 América-MG, Estádio Arena Pernambuco
Árbitro erra contra o América
Descrição do lance: Jogador defensor que pratica uma entrada (carrinho) por trás em seu adversário com uso de força excessiva. Árbitro aplica cartão amarelo por falta temerária.
Aplicação da regra: Jogador que pratica uma entrada (carrinho) com uso de força excessiva ou brutalidade que coloque em risco a integridade física de um adversário deve ser punido por jogo brusco grave.
Decisão regulamentar: Falta (tiro livre direto) e cartão vermelho.

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário