terça-feira, 9 de maio de 2017

Após perder final do Paulista, Ponte encara Gimnasia na Sul-Americana

Depois de fazer uma grande campanha no
Campeonato Paulista, mas acabar perdendo a grande final para o Corinthians, a Ponte Preta tenta se reerguer rapidamente. Isso porque a Macaca terá jogo duro pela frente na terça-feira, já que enfrenta o Gimnasia de La Plata, na Argentina, no Estádio Del Bosque, às 21h45 (de Brasília), na primeira fase da naCopa Sul-Americana.
Após ter empatado o primeiro jogo em Campinas por 0 a 0, os comandados de Gilson Kleina têm a seu favor a vantagem de se classificar com qualquer empate com gols. Uma vitória para qualquer equipe dá a classificação e a repetição do resultado do confronto de ida leva a partida para a disputa por pênaltis.
A Ponte Preta irá chegar com um ataque bastante diferente para o duelo contra os argentinos, porque o atacante William Pottker já viajou para o Rio Grande do Sul para se juntar ao Internacional e Lucca, que foi expulso no primeiro jogo, estará cumprindo suspensão. Em entrevista, Kleina comentou as mudanças que sua equipe deverá ter.
“O Pottker já foi para o Inter, o Lucca cumpre suspensão pelo cartão vermelho, e vamos pegar uma equipe organizada para a competição, que poupou jogadores, antecipou jogo. Porém o que fica deste Paulista é que temos totais condições de disputar um grande campeonato. Temos como opções Yuri, Lins e Clayson na frente e vamos ver como trabalhar. O que não vamos fazer é descaracterizar a equipe, porque seria temerário, ainda mais porque enfrentaremos um adversário forte, mas temos totais condições de vencer”, afirmou o treinador”.
O treinador de 49 anos ainda ressaltou que só definirá a sua equipe no dia da partida, pois não quer ninguém sem condições de atuar em campo. “Na terça, ao meio dia, veremos quem tem mais condições, porque não podemos colocar ninguém meia boca para iniciar um jogo como este, e temos esta transparência com os atletas”.
Quem também entra em campo nesta terça-feira, às 21h45 (de Brasília), é o Deportivo Cali. O time da Colômbia visitará o Sportivo Luqueño, no Estádio Feliciano Cáceres, em Luque, no Paraguai, em confronto válido pela rodada de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Os colombianos, que ganharam a ida por 1 a 0, têm a vantagem do empate.
Para conseguir a classificação, o Sportivo Luqueño terá que ganhar por dois ou mais gols de vantagem. Porém, se devolver o 1 a 0 o time paraguaio vai forçar a disputa de pênaltis. A vantagem do Deportivo Cali é enorme, pois se ele conseguir marcar gols pode até mesmo ser derrotado por um gol de diferença, pois os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate.
No outro jogo do dia sem brasileiros, no Estádio Municipal de Huancayo, no Peru, às 19h15 (de Brasília), o Huancayo recebe o Nacional, da Bolívia, com uma missão ingrata. Os bolivianos ganharam na ida por 3 a 1 e agora podem perder por um gol de diferença, mas um 2 a 0 serve aos peruanos.
Ainda não é possível imaginar os times que os classificados desta terça-feira terão pela frente na segunda etapa da Copa Sul-Americana. Uma vez que, ao fim desta primeira fase da competição, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) vai realizar um sorteio para definir os próximos confrontos.

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário