quinta-feira, 27 de abril de 2017

Renan Vieira detalha problemas financeiros no Fortaleza: "R$ 2 milhões é o mínimo para organizar a casa"

Vivendo um período de reformulação, no elenco e administrativo, após as eliminações do 1º semestre deste ano, o Fortaleza trabalha para acertar uma reestruturação antes do início da Série C do Campeonato Brasileiro. Apontado como um dos nomes que deve compor o conselho gestor que administrar o clube no restante do ano, o ex-presidente Renan Vieira afirmou que a questão financeira é o principal entrave no momento. 

"Isso é de conhecimento de todo mundo, e foi colocado nas reuniões. A necessidade financeira existe para solucionar os problemas imediatos e reajustar o elenco para a Série C. Envolve compromissos de toda ordem, salários jogadores, funcionários, causas trabalhistas... Hoje, R$ 2 milhões é o mínimo para organizar a casa", declarou Renan, em contato com o Portal Esportes O POVO.

O ex-dirigente tricolor não confirmou que será um dos indicados por Jorge Mota o conselho que será criado, mas admitiu que tem se movimentado para buscar parceiros capazes de oferecer suporte ao Leão do Pici

"Vai se juntar o conselho, mas quem vai trazer o dinheiro? Quem vai bancar esse aporte? Eu tenho procurado algumas pessoas com boas condições (financeiras), mas é necessário dar garantias a essas pessoas. Precisamos definir quem vai antecipar esses valores para receber no futuro", explicou o ex-dirigente tricolor.

A definição dos nomes do novo conselho gestor deve ocorrer em reunião a ser realizada nesta quinta-feira, 27.

FONTE - O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário