quarta-feira, 19 de abril de 2017

Pedro Ken comemora "estreia", elogia estrutura do Ceará e galga espaço

Pedro Ken, meia do Ceará (Foto: Israel Simonton/Cearasc.com)
Pedro Ken até foi a campo contra o Guarani de Juazeiro, na primeira semifinal do estadual. Mas foram só dois minutos atuando. Por isso, o meia do Ceará considera que a estreia, de fato, ocorreu diante do mesmo adversário no segundo jogo válido pelas semis, no último domingo. Para o jogador, foi um momento importante para levar velocidade na transição defesa-ataque. Além disso, para ganhar mais ritmo de jogo neste momento. 

- Foi a primeira vez que eu realmente entrei mais. Estreei no jogo anterior, mas fiquei somente dois minutos, nem peguei na bola. Esse jogo estava difícil, 0 a 0. Acredito que tenha sido um bom jogo. Entrei procurando me movimentar bastante, dar mais velocidade na transição defesa-ataque e procurando criar jogadas. Fizemos dois gols, tivemos chance demais, dei bom passe. Acredito que foi uma boa "estreia". Claro que ainda falta muito ritmo de jogo, muita coisa para evoluir, estava muito tempo sem jogar. Mas como primeira partida foi bom - avaliou o atleta, em entrevista ao GloboEsporte.com/ce. 
O meia foi um importante anúncio deste ano. Chegou em março. Com passagens pelo Cruzeiro, Avaí, Vitória e Vasco, chegou para completar o time de Givanildo Oliveira para o estadual. Aos 29 anos, o atleta já participou de quatro edições da Série B e conquistou o acesso em todas. Antes do Alvinegro, estava no Terek Grozny, na Rússia. Ele comenta que foi bem recepcionado em Porangabuçu e elogia a estrutura do Ceará. 
- Foi bom. Fui acolhido pelo torcedor, pelos funcionários do clube, jogadores, comissão técnica, diretoria. O clube tem um ambiente saudável, todos com um objetivo claro, se ajudando. A estrutura é bacana, tudo muito simples e bem organizado, que é o que a gente necessita no futebol. A minha primeira impressão sobre o clube foi muito boa. Estou feliz, acho que as coisas vão dar certo no Ceará - comenta. 
No último confronto, no último domingo, Victor Rangel e Rafael Pereira levaram o terceiro cartão amarelo e vão cumprir suspensão automática. Para o lugar de Rafael Pereira, a tendência é que Sandro volte a ser titular na defesa alvinegra. Já no setor de ataque, com a boa atuação diante do Leão do Mercado e do gol deste domingo (16), Lelê deve ficar com a vaga. No entanto, se o técnico Givanildo Oliveira optar por mudar o esquema tático e jogar apenas com dois atacantes, a composição do meio-campo ganharia mais um atleta. Pedro Ken e Felipe Menezes brigariam por essa vaga. 
- Provavelmente, o Richardson deve voltar. Jackson Caucaia e Ricardinho são os titulares. Eu não sei qual a ideia do técnico. É claro que eu gostaria de ser titular, para pegar ritmo. Mas eu confio na decisão dele. Nós temos um elenco forte, de bons jogadores, que podem dar conta do recado. quero estar dentro de campo, mas não tenho essa pressa. Estou me preparando para aproveitar a chance que eu tiver e quero entrar nessa briga pela titularidade. com relação ao jogo, acredito que vai ser muito difícil. É o último da série. Eles não têm nada a perder. Estão em desvantagem. Vão apostar tudo. É uma boa equipe, de velocidade, acredito que vai ser mais aberto, porque o último jogo eles foram muito fechados, jogaram no contra-ataque, dificultou para a gente. Eles vão sair mais, vai ser mais aberto, melhor de jogar. acho que a gente precisa encarar como uma final, como uma decisão, respeitando a equipe deles, mas jogando dentro e cada a gente tem de se impor, diante do torcedor no estádio - explicou. 

FONTE - G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário