quinta-feira, 13 de abril de 2017

LIBERTADORES - No fim é mais gostoso: em jogo sofrido, Palmeiras marca no último lance e vence Peñarol

Seu time vira a partida de maneira incrível no começo da segunda etapa e perde chances de
maneira igualmente incrível. Poderia transformar a vitória em goleada, mas leva o empate. Para piorar, um de seus melhores jogadores é expulso de maneira estranha no fim.
Um roteiro fadado a desgraça? Poderia ser.
O Palmeiras passou por tudo isso, mas venceu o Peñarol por 3 a 2 no Allianz Parque na noite desta quarta-feira. Cortesia do lateral Fabiano, um dos jogadores mais questionados do elenco, que acertou um arremate no último lance para garantir a vitória pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.
Arias e Rodriguez fizeram para os uruguaios, enquanto Willian e Dudu marcaram os outros para os mandantes.
Os dois primeiros gols palmeirenses saíram logo no começo da segunda etapa, em um período que a partida poderia ter facilmente ficado 4 a 1 - Borja perdeu um pênalti e viu o goleiro Guruceaga defender outra finalização. Willian ainda desperdiçou uma chance incrível quando a partida já estava 2 a 2: driblou o arqueiro, mas acertou o travessão.

Logo antes do gol de Fabiano, Dudu ainda foi expulso de maneira bizarra pelo árbitro Ronny Olmedo (EQU). Ele reclamou que um jogador do time uruguaio atrasava a cobrança de uma falta e levou amarelo por discutir com o adversário. Na sequência, ele questionou o juiz e foi expulso.

A vitória deixou os comandados de Eduardo Baptista na primeira posição do grupo 5, com sete pontos. O Peñarol é o terceiro, com três. Jorge-Wilstermann-BOL, segundo com seis, e Atlético Tucumán-ARG, com um, fecham a classificação.
  • Gol do Peñarol
O Palmeiras passou mais, chutou mais e ficou mais com a bola na primeira etapa. Mas saiu atrás no placar. Aos 31 minutos, depois da cobrança de escanteio, Ramon Arias apareceu livre de marcação dentro da área e cabeceou firme no canto esquerdo do goleiro Fernando Prass.
Sem paciência e afobado para definir as jogadas, o time brasileiro sofreu para criar boas oportunidades.Toda a tranquilidade e oportunidades que faltaram nos 45 minutos iniciais apareceram no começo do segundo tempo. Em 15 minutos, o Palmeiras já vencia por 2 a 1. E o placar poderia estar maior.
Willian empatou com um minuto de bola rolando - na jogada, Borja fez um passe com a mão, que a arbitragem não viu. Aos 5min, Dudu completou para as redes um passe de Guerra. E para fechar, Borja perdeu um pênalti sofrido por Dudu aos 11min e boa oportunidade aos 13min.
  • Empate e fim incrível
O castigo por ter perdido boas chances veio aos 30 minutos. Depois de levantamento na área, Quintana finalizou, Prass fez boa defesa, mas Rodríguez, livre de marcação, deixou tudo igual no rebote.
Quatro minutos mais tarde, Tche Tche roubou a bola, e Guerra deu ótima enfiada para Willian. O atacante driblou Guruceaga, mas finalizou no travessão.
No fim, depois da expulsão de Dudu e com nove minutos de acréscimo, Fabiano aproveitou cruzamento de Michel Bastos e desviou para fazer o gol da vitória.
Gian destaca jogo do Palmeiras: 'Uma vitória daquelas, para fazer torcedor sofrer'
  • Agenda
Peñarol e Palmeiras voltam a se enfrentar na próxima rodada da Libertadores. O jogo será no dia 26 de abril, no estádio Campeón del Siglo.
Em outras competições, as equipes voltam a campo já no próximo domingo, dia 16 de abril. O clube brasileiro enfrentará a Ponte Preta às 16h, no Moisés Lucarelli, pela semifinal do Campeonato Paulista. O time uruguaio enfrenta o Danubio, às 19h30, pela ligal local.
FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário