quarta-feira, 12 de abril de 2017

LIBERADORES - Experiente, Eduardo da Silva estreia na Liberta e quer ver Furacão "dark horse"

eduardo da silva atlético-pr (Foto: Thiago Benevenutte / GloboEsporte.com)
Eduardo da Silva tem em sua carreira uma situação inversa ao que acontece normalmente com os jogadores brasileiros. Carioca naturalizado croata, o atacante, hoje no Atlético-PR, fará seu primeiro jogo em uma Libertadores aos 34 anos e já calejado em Liga dos Campeões. Na Europa, foram 47 jogos pelo torneio continental - nas passagens por Dínamo Zagreb,
Arsenal e Shakhtar Dontesk - , e só agora terá o gosto da competição sul-americana. E ele usa uma expressão típica europeia para resumir o que espera do Furacão.
–  A minha experiência nesses jogos internacionais é de que é um torneio à parte, onde não existe favorito, e sim vários clubes que fazem surpresas. Espero que o Atlético-PR, como dizem lá fora, seja o "dark horse", o cavalo escuro, a grande surpresa dessa competição. Mas isso aí depende da gente, e estamos preparados para ser a surpresa do torneio.
 Espero que o Atlético-PR, como dizem lá fora, seja o "dark horse", o cavalo escuro, a grande surpresa dessa competição. Mas isso aí depende da gente, e estamos preparados para ser a surpresa desse torneio.
Eduardo da Silva
E a estreia de Eduardo será justamente contra um time e em um estádio que ele conhece bastante. A camisa do Flamengo foi a primeira vestida pelo atacante no futebol brasileiro, e o Maracanã, o local onde ele mais fez gols entre os anos de 2014 e 2015 - sete dos 14 pelo Fla foram marcados no local (veja no vídeo abaixo). O Atlético-PR enfrenta o Rubro-Negro carioca nesta quarta, às 21h45, pela terceira rodada da fase de grupos. 
– Não só para mim que será uma partida especial, todos conhecem o Maracanã, palco de grandes finais. Então não é todo dia e todo ano que dois grandes brasileiros se enfrentam na Libertadores em um grande palco como o Maraca, o estádio vai estar lotado. Para mim será uma partida especial, minha estreia pela Libertadores, mas é aquilo: que vença o melhor.

Ele lembra com carinho do tempo em que defendeu as cores do Flamengo.
Eduardo da Silva disputou a Liga dos Campeões em 11 temporadas. Foram oito jogos pelo Dínamo Zagreb, 13 pelo Arsenal e 26 pelo Shakhtar Donetsk 
– Foi um momento bem positivo para mim, apesar de naquela época, no meio do ano de 2014, o clube estava em uma situação bem delicada na tabela. Cheguei nesse momento e só tenho a dizer que, pessoalmente, foi uma grande vitória ter cumprido aquele objetivo, naquela época, de não cair. Agora a situação está diferente, mas isso já passou. Fiquei um ano aqui e agora estou com meu novo clube, minha cabeça está aqui, no Atlético-PR, em entrar em campo e dar o máximo.


Eduardo da Silva foi contratado pelo Furacão no final de fevereiro, vindo do Shakhtar. Sexto reforço do Furacão para 2017, o atacante disputou três jogos com a camisa do Atlético-PR. Ele estreou na derrota por 1 a 0 para o Paraná Clube, pela 11ª rodada do Campeonato Paranaense, e jogou os 90 minutos. Depois, atuou fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o mesmo Tricolor, no jogo de ida das quartas de final. No último domingo, esteve no 11 inicial no empate em 0 a 0 com o Paraná, que classificou o Furacão para as semifinais do estadual.
Brasileiro naturalizado croata, Eduardo da Silva já tinha passado por Dínamo Zagreb-CRO, Croátia Sesvete-CRO, Inter Zapresic-CRO, Arsenal, Flamengo e Shakhtar Donetsk-UCR antes de desembarcar no CT do Caju. Ele também atuou pela seleção da Croácia e disputou, inclusive, a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. O contrato dele com o Atlético-PR vai até o final do ano.
Flamengo x Atlético-PR (Libertadores da América)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Provável escalação do Flamengo: Alex Muralha; Pará, Donatti, Réver e Trauco; Márcio Araujo, Willian Arão e Diego; Gabriel, Mancuello e Guerrero.
Provável escalação do Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid, Matheus Rossetto, Lucho González (João Pedro) Nikão e Crysan; Eduardo da Silva
Arbitragem: Wilson Lamourox (COL) no apito, auxiliado por Wilmar Navarro e Dionisio Ruiz
Transmissão: TV Globo para RJ, SC, PR, MG (menos Varginha), ES, GO, TO, BA, SE, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luís Roberto, Junior, Cristian Toledo e Renato Marsiglia). 

FONTE - G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário