quarta-feira, 19 de abril de 2017

Leco comemora vitória e cita até Rodrigo Caio: 'O São Paulo é diferente'

Reeleito presidente do São Paulo nesta terça-feira ao derrotar José Eduardo de Mesquita Pimenta, Carlos Augusto de Barros e Silva fez um discurso emocionado após o anúncio do resultado. Agradeceu aos seus aliados, muitos deles nominalmente, e se disse extramente feliz por ter um "mandato próprio". Em 2015, ele foi eleito em mandato tampão após a renúncia de Carlos Miguel Aidar. Ele também aproveitou para criticar a campanha da oposição.
- Eu estou imensamente feliz por ter conquistado meu mandato próprio. Esse mandato foi conquistado à luz de uma trajetória, de uma história, de um trabalho de um ano e meio de cuidar dessa fantástica máquina que é o São Paulo em toda a sua grandeza. Vocês não imaginam o que foi essa campanha. Nós vimos coisas impensáveis e desconhecidas na história do São Paulo. Por influências que certamente não fizeram bem para a nossa comunidade - declarou Leco.
O presidente seguiu o discurso agradecendo seus diretores, citando muitos deles. Em determinado momento, abordou a atitude do zagueiro Rodrigo Caio no clássico contra o Corinthians no último domingo. Ele exaltou o fato de o jogador ter usado de fair play, que culminou na anulação de um cartão amarelo para o centroavante Jô. Rodrigo falou ao árbitro que tinha sido ele a atingir o goleiro Renan Ribeiro e não o corintiano, que estaria suspenso para o jogo de volta caso o cartão fosse confirmado.
- São coisas que nos distingue, como nos distingue aquela maravilha de atitude que o Rodrigo Caio teve. Isso é coisa de gente diferente e o São Paulo é diferente Claro que tem os questionamentos, mas fazer o bem tem de estar em cada um de nós. E quando isso é feito, tem de ser aplaudido - avaliou o mandatário.
O pensamento de Leco foi contrário ao externado pelo zagueiro Maicon, que disse que era melhor ver a mãe dos outros chorando do que a sua, e até do próprio técnico Rogério Ceni, que repreendeu o zagueiro após a atitude. Ceni, aliás, também foi personagem no discurso do presidente, de forma irreverente. No momento em que Leco olhou seu celular e disse:
- Estou recebendo aqui uma ligação, que não vou atender agora, mas para vocês saberem é do Rogério Ceni - brincou o presidente, que prometeu seguir à risca o novo estatuto do clube, válido desde janeiro.
- O novo estatuto irá nortear a vida desse clube daqui para a frente. Já começou de forma parcial e agora se consolida. É o São Paulo moderno e todo ele cuidado com marcas importantes para que a condução do trabalho seja feito de forma transparente, responsável e confiável acima de tudo, não só no âmbito interno como maior em toda sociedade. Abre-se novo tempo e vamos conduzir isso com todo rigor. Vamos deixar esse legado que nós implantamos a partir dessa reforma estatutária, que nós implantamos, não tem nada a ver comigo, mas é a expressão verdadeira que nós construimos isso. E vamos fazer com que esse legado seja deixado para as novas gerações e que elas sintam orgulho do São Paulo - afirmou Leco.
O presidente foi eleito para mandato até dezembro de 2020. Pelo novo estatuto, será o primeiro mandatário remunerado da história do clube.

FONTE - MSN
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário