segunda-feira, 10 de abril de 2017

CLÁSSICO DAS CORES - Ferroviário empata no fim com Fortaleza e ganha vantagem para terceiro jogo das semifinais

Gol do Ferroviário nos acréscimos empatou em 1 a 1 o jogo que se desenhava para vitória do Fortaleza. O resultado garantiu o terceiro jogo entre as equipes pela semifinal do Campeonato Cearense. Com vitória e empate, no confronto derradeiro o Tubarão tem a vantagem do empate. Caso o Tricolor ganhe o terceiro jogo, a vaga para a final será decidida no pênaltis.Já o Leão, para chegar a final, precisa ganhar no tempo regulamentar e nos pênaltis

Com as equipes nervosas, o início de jogo foi truncado. Aos 7 minutos, dois princípios de confusão entre os jogadores já tinham acontecido. Com aparente destempero, o atacante Zé Carlos se envolveu nos dois desentendimentos e recebeu cartão amarelo, o que o deixa fora do terceiro jogo.
 

Sem muita criação de ambos os lados e jogo concentrado no meio de campo, a partida seguia equilibrada, com uma leve superioridade na posse de bola para o Tricolor do Pici.

Após jogada de Éverton, uma pancada de longe de Anderson Uchôa terminou no fundo das redes. O gol, que abriu o placar e renovou as esperanças do Leão, recebeu uma ajudinha do arqueiro. Mauro caiu atrasado e não chegou a tempo de impedir que a bola de entrasse no canto direito. A jogada confirmou como positivas as mudanças no time feitas por Marquinhos Santos. Para deixar o Leão mais agressivo, o treinador reforçou o meio de campo, colocou Éverton na lateral, dando mais movimentação, e Zé Carlos como centroavante.  

Atrás no placar e perdendo a vantagem conquistada no primeiro jogo, o Tubarão da Barra passou a chegar com mais ofensivo, deixando de lado a postura adotada até então de se manter na retranca, aguardando sobrar um contra-ataque. No fim, lance fora da disputa de bola gerou polêmica. Mota foi agarrado por Heitor em falta que começou fora e adentrou a grande área. O árbitro, de costa, não marcou o pênalti e o time coral foi para os vestiários reclamando, com razão. 

Segundo
Tendo falhado no primeiro gol, Mauro salvou o Ferrão da ampliação do placar. Após cruzamento na grande área do Ferroviário, Wesley bateu de primeira para defesa do goleiro.
Neutralizado no primeiro tempo, Mota conseguiu ser mais criativo na segunda etapa. O Ferrão, no entanto, longe da atuação do embate inaugural em que saiu vitorioso, se valeu de jogadas de bola parada e não conseguia imprimir ritmo.

Fortaleza teve chance desperdiçada no segundo tento em lance emocionante de bate e rebate dentro da área do Ferrão. Aos 20 minutos, Pablo ganhou o lance e cruzou para Rodrigo Andrade. O chute bate na zaga coral, sobrou para Zé Carlos que não chegou. Depois de chute de Felipe, a bola vai para lateral.

Na melhor oportunidade do Tubarão até então, Valdeci cobrou falta com muito perigo, mas Boeck espalmou em grande defesa. Em dividida de bola, Máxuell, que ficou apenas 8 minutos em campo, machucou o joelho esquerdo, no que pareceu uma lesão que pode tirá-lo dos próximos jogos. Ferroviário terminou a partida bagunçado, com um jogador a menos. A bagunça, no entanto, pareceu ajudar. Mimi sobrou sem marcação, recebeu cruzamento, finalizou na trave e deixou tudo igual no Castelão, em gol salvador que mudou tudo para o terceiro jogo.
 
O terceiro jogo acontece na quarta-feira, dia 19, às 21h 45 min, na Arena Castelão. (Domitila Andrade).

FONTE - O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário