quarta-feira, 15 de março de 2017

LIGA DOS CAMPEÕES - Juventus vence de novo, elimina Porto, e vai às quartas da Liga dos Campeões

A Juventus venceu de novo o Porto e não teve problemas para sacramentar nesta terça-feira, 14,
sua classificação às quartas de final da Liga dos Campeões. Jogando em casa, em Turim, o time italiano
derrotou a equipe portuguesa por 1 a 0, ampliando a vantagem conquistada no jogo de ida - venceu por 2 a 0 em Portugal.


Nesta terça, o duelo foi decidido ainda no primeiro tempo, com gol do argentino Dybala, em cobrança de pênalti. No lance que gerou a penalidade, Maxi Pereira foi expulso, facilitando ainda mais a tarefa da Juventus diante de sua torcida.

A partida disputada em Turim contou com dois brasileiros em cada time. Daniel Alves e Alex Sandro foram os titulares da Juventus enquanto o zagueiro Felipe, ex-Corinthians, e o atacante Tiquinho Soares, começaram jogando pelo Porto. Otávio, ex-Internacional, entrou no decorrer da partida no time visitante. 

Garantida nas quartas, a Juventus agora aguarda o sorteio dos confrontos, na sexta-feira, para conhecer seu próximo adversário na Liga dos Campeões. O time italiano ainda sonha com a tríplice coroa na temporada. A equipe lidera o Campeonato Italiano com oito pontos de vantagem e venceu o Napoli no jogo de ida da semifinal da Copa da Itália.

O Jogo
Apesar da boa vantagem conquistada no jogo de ida, a Juventus entrou em campo disposta a definir ainda no primeiro tempo o confronto. Tanto que o time italiano terminou a etapa inicial com 11 finalizações, contra apenas três do Porto, que precisava balançar as redes para reverter a derrota no jogo de ida. 

Mais ofensiva, a Juventus apostava em Mandzukic, que fazia seu retorno ao time. O atacante croata concentrou as principais chances de gol dos anfitriões na etapa inicial. Aos 22 e aos 37, ele arriscou de cabeça, com perigo. No começo do jogo, logo aos 5, ajeitou de cabeça para tentativa de Dybala.

A pressão da Juventus aumentava e o Porto seguia indeciso. Não sabia se recuava para conter o ataque italiano ou partia para o ataque em busca dos gols de que necessitava. Aos 39 minutos, esse dilema cobrou seu preço. 

Após cobrança de escanteio na área, Alex Sandro cabeceou e Casillas defendeu. No rebote, Higuaín finalizou quase na pequena e o lateral Maxi Pereira pulou no canto, como se fosse goleiro, e desviou a bola com as mãos. Foi expulso sumariamente e deixou o time português com um a menos em campo. Na cobrança do pênalti, Dybala bateu no canto direito do goleiro e abriu o placar. 

O gol e a expulsão praticamente definiram o jogo e o confronto. Somando o placar da ida, a Juventus vencia por 3 a 0. Somente três gols dariam ao Porto a vaga nas quartas de final.

Mas a equipe portuguesa não desanimou. No segundo tempo, perdeu grande chance de ao menos reduzir a vantagem da Juventus. Foi aos 3 minutos, quando Tiquinho Soares, que já é chamado de novo "Hulk", em referência ao compatriota que também defendeu o Porto, disparou pela esquerda, fez falta no marcador, entrou na área e, cara a cara com o goleiro Buffon, bateu para fora.

Daí em diante, até o apito final, somente a Juventus criou boas oportunidades para ampliar, sem sucesso. Abatido, o Porto recuou e praticamente não ameaçou o gol defendido pelo veterano Buffon.

FONTE - O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário