terça-feira, 28 de março de 2017

ELIMINATÓRIAS - Messi pega quatro jogos de suspensão e não enfrenta a Bolívia nesta terça

O Técnico da Argentina, Edgardo Bauza, recebeu uma péssima notícia na manhã desta terça-feira.

Lionel Messi foi condenado pela Fifa a quatro jogos de suspensão por conta das ofensas ao auxiliar de arbitragem brasileiro Emerson Carvalho durante a vitória da Argentina sobre o Chile na última quinta-feira. Além disso, recebeu uma multa de 10 mil francos suíços (o equivalente a quase R$ 32 mil). Dessa maneira, a seleção argentina, já bastante desfalcada, não poderá contar com seu maior craque para o duelo contra a Bolívia, em La Paz, pela abertura da 14ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo - o GloboEsporte.com acompanha a partida em Tempo Real às 17h (de Brasília). Ángel Correa, do Atlético de Madrid, será seu substituto ao lado de Lucas Pratto no ataque hermano.A Fifa entendeu que o camisa 10 da Argentina violou o Artigo 57 do Código Disciplicar da entidade para puni-lo. Dessa forma, se a suspensão for mantida até o fim, o camisa 10 só poderá voltar ao time na última rodada das eliminatórias, contra o Equador, fora de casa. Assim, além da Bolívia, ele não poderia enfrentar Uruguai, Venezuela e Peru nesta reta final.
- A decisão neste caso é similar a outros casos do Comitê Disciplinar da Fifa. O jogador e a Associação de Futebol Argentina (AFA) foram informados da decisão hoje - informou a Fifa, através da nota publicada em seu site oficial nesta terça-feira.Pouco depois do anúncio da suspensão, o coordenador de seleções da Argentina, Jorge Miadosqui, se mostrou indignado pela forma que a situação foi tratada.
- Estamos surpresos com a decisão tomada.
"Temos muita raiva pela maneira como tudo foi decidido, algumas horas antes do jogo. Messi está triste, como todos nós estamos aqui."
- Nós não concordamos como isso foi tratado - disse Miadosqui.
Além disso, disse que a Argentina vai recorrer da suspensão que tiraria o jogador da reta final das eliminatórias.
- Vamos recorrer sobre a suspensão da Fifa. Há antecedentes para acreditarmos que se pode baixar a punição.A suspensão foi consequência da bronca do argentino com o brasileiro Emerson Carvalho por uma falta marcada sobre Beausejour na partida da última quinta-feira. Assim que o auxiliar sinalizou a falta para o árbitro Sandro Meira Ricci, Messi se invocou e encarou Emerson, xingando-o com a expressão "La c... de tu madre" - muito usada pelos argentinos (assista).
E não esqueceu mais o lance - tanto que, após o apito final, foi reclamar com o auxiliar brasileiro, xingando-o novamente. Quando cumprimentou o trio de arbitragem, Messi só apertou a mão de Sandro Meira Ricci e do auxiliar Marcelo van Gasse - encarou Carvalho e virou as costas na sequência (assista).

Aproveitamento de 33% sem Messi

Em campanha irregular nas eliminatórias, a Argentina vem de duas vitórias, conseguiu subir para a terceira posição, mas segue pressionada. Com 22 pontos, o time tem um a menos do que o segundo colocado Uruguai, mas apenas dois a mais do que o Chile, que está na sexta posição e estaria fora da Copa neste momento. Ou seja, uma derrota para a Bolívia em La Paz, pode tirar a seleção de Bauza da zona de classificação - dependendo dos outros resultados da rodada.Para piorar, o desempenho da Argentina cai muito sem Messi. Com o camisa 10, a seleção albiceleste venceu cinco das seis partidas que disputou nas eliminatórias, com um aproveitamento de 83%. Sem seu maior craque, cai para 33%: um triunfo, quatro empates e duas derrotas em seis partidas. Com essa campanha, estaria apenas à frente de Bolívia e Venezuela na tabela, longe da zona de classificação para a Copa do Mundo.
Confira a nota da Fifa na íntegra
"O Comitê Disciplina da Fifa - em aplicação dos artigos 77 a) e 108 do Código Disciplinar da Fifa - chegou a uma decisão em relação a Lionel Messi, por conta do incidente ocorrido durante a partida entre Argentina e Chile no dia 23 de março de 2017, válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.
O jogador Lionel Messi foi declarado culpado de violar o artigo 57 do CDF, por direcionar insultos ao assistente.
Como resultado, Lionel Messi está suspenso de quatro partidas oficiais e sancionado com uma multa de 10 mil francos suíços (R$ 32 mil, aproximadamente). O primeiro jogo na qual a sanção começa a ser cumprida é na próxima partida das Eliminatórias, entre Bolívia e Argentina, que será jogada hoje, 28 de março. O restante da suspensão será cumprido nos próximos jogos das eliminatórias.
A decisão neste caso é similar a outros casos do Comitê Disciplinar da Fifa. O jogador e a Associação de Futebol Argentina (AFA) foram informados da decisão hoje."


FONTE - G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92026830 CLARO (88)9 -98602540  TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WAT SAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário