segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

TÉCNICO - Cabo se gaba após vitória no clássico e exalta alterações no time: "Ousadia"

O técnico Marcelo Cabo deixou a modéstia de lado e exaltou seu próprio trabalho após a vitória do Atlético-GO por 1 a 0 sobre o Vila Nova, na primeira rodada do 2º turno do Goianão. Apesar de elogiar os jogadores, o treinador creditou o triunfo à sua ousadia nas duas alterações que fez no time para o segundo tempo. 

Após 45 minutos sem criatividade, o Dragão voltou dos vestiários com Wanderson - autor do gol - no lugar de Bruno Pacheco na lateral-esquerda e o atacante Negueba na vaga do volante Silva.- Foi a vitória do intervalo, das substituições e da mudança tática do time. No primeiro tempo faltou tudo, o time estava longe de ser o que a gente treinou. A gente tinha que propor o jogo mais qualificado. Houve a ousadia em abrir mão de um volante e botar o time para frente. Precisávamos circular a bola, mas com um passe qualificado.

O técnico disse que optou por Wanderson porque acha o jogador mais rápido e melhor no ataque do que Pacheco. A ideia foi colocá-lo para atuar nas costas de Maguinho. Já com Negueba, a intenção era ter um jogador de velocidade pelo outro lado do campo - na outra ponta jogava Willians. 


Cabo também foi questionado sobre a atuação do árbitro Bruno Rezende e se houve influência dele na partida. A resposta foi categórica. 

- A arbitragem é muito idônea, erros e acertos acontecem, mas não houve nenhum lance em que ele errou gravemente. Não gostaria que tirasse o mérito da minha vitória. Não nos faltou nada no segundo tempo, quando tivemos técnica, padrão de jogo elaborado e um espírito vencedor. 

O Atlético-GO volta a campo na quinta-feira, quando recebe o Iporá, às 19h30, no Estádio Olímpico.


COM INFORMAÇÕES DO G1

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário