sábado, 11 de fevereiro de 2017

SÉRIE C - Clubes da Série C vão negociar seus jogos diretamente com TVs

Os clubes que disputam a Série C do Campeonato Brasileiro ganharam mais uma fonte de receita para a disputa da competição, programada para começar em maio. É o que garantem o presidente do Fortaleza, Jorge Mota, o presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio e o deputado federal Danilo Forte (PSB). 
 
A novidade é que a partir desta edição, cada clube poderá negociar com emissoras de TV de seus estados para transmissão apenas de suas partidas. “Tá liberado pela CBF. Nem toda emissora tem condições de transmitir tudo (comprar o campeonato inteiro), mas se alguém tiver condições de bancar (só) os jogos do Fortaleza, pode”, foi o que explicou Jorge Mota.

O dirigente alertou, no entanto, que ainda existem alguns detalhes que merecem discussão, como, por exemplo, o clube visitante não ganhar nada da emissora local que transmite a partida, uma vez que a imagem dele também está sendo veiculada. Para esses pormenores, segundo Jorge, está marcada uma reunião entre clubes e marketing da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na semana que vem.

O Fortaleza procurou o deputado Danilo Forte para intermediar o assunto. Em almoço junto ao presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, a proposta foi exposta. “A Série C era vendida num pacote só. A gente propôs ‘esquartejar’ os direitos por jogos. Primeiro porque barateia para as TVs. Segundo, viabiliza para os clubes mais exposição e lhes garante patrocinadores”, defendeu o parlamentar. 

O presidente da FCF, Mauro Carmélio, disse que um dos motivos para a CBF aceitar a ideia foi fazer as contas do que gasta na Série C do Brasileiro. “A Sport Promotion, que detém os direitos da competição, vendia para duas emissoras e o arrecadado era de R$ 9 milhões. Parte desse valor era repassado para a CBF, mas era irrisório perto dos 21 milhões que a entidade gasta com a competição (passagens, hospedagens e pagamentos de arbitragem). E os clubes ainda pediam ajuda”, explica.

“Fazendo as contas, é melhor deixar os clubes negociarem e ganharem uma grana a mais”, concluiu Mauro Carmélio. A CBF diz que nada é oficial e que o assunto será debatido no Conselho Técnico da Série C, marcado para 23 de fevereiro. (Brenno Rebouças)

COM INFORMAÇÕES O POVO

FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário