sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

REAL MADRID - Sergio Ramos explica comemoração: 'O setor me insultou desde o 1º minuto'

Sergio Ramos, Sevilla x Real Madrid (Foto: Aitor Alcalde/Getty Images)Sergio Ramos fez um gol de pênalti com uma cavadinha, o Real Madrid arrancou um empate por 3 a 3 com o Sevilla no último minuto, chegou a 40 partidas de invencibilidade e passou às quartas de final da Copa do Rei. Ainda assim, o principal assunto abordado nas entrevistas com o zagueiro e capitão merengue foram outro: a comemoração direcionada a partida da torcida adversária.Nascido na Andaluzia, formado nas divisões de base do Sevilla e jogador do Real Madrid desde 2005, Sergio Ramos fez o segundo gol merengue aos 37 do segundo tempo. Na comemoração, apontou para um setor da arquibancada, colocou as mãos na orelha, virou de costas e mostrou seu nome na camisa. Para o restante do estádio, o gesto que fez foi o de um pedido de perdão.
- Não faltei com respeito a ninguém, pedi desculpas a Soria (goleiro do Sevilla), que não tinha nenhuma culpa, e à torcida menos a um setor que se lembrou da minha mãe e me insultou desde o primeiro minuto. Não gosto de comemorar um gol na minha casa, mas quando lembram da sua mãe, não merecem respeito – explicou Ramos.

O defensor fez questão de declarar carinho ao Sevilla, e também ao Real Madrid, mas mostrou mágoa com a recepção que tem no Ramón Sánchez Pizjuán, diferente da que outros ex-jogadores do time.

- O dia que me enterrarem será assim, com uma bandeira do Real Madrid e outra do Sevilla. Talvez dentro do campo não se entenda minha comemoração, mas acho que há imagens o suficiente. Me desculpei e não penso em faltar com respeito à torcida do Sevilla, mas um setor da arquibancada não merece isso. No fim das contas, Sevilla será sempre minha casa, por mais que queiram me vaiar. Obviamente quando se lembram de sua mãe e te insultam, você não fica feliz. Vi a recepção a Rakitic, a Daniel Alves, que não “mamaram” aqui, e os recebem como deuses. Comigo, insultam minha mãe.

Para Ramos, há torcedores que até hoje não entenderam sua saída do clube para o Real.

- Explicaram minha saída de uma maneira ou outra equivocada, teve gente que não entendeu até o dia de hoje, mas não vou explicar um por um.

Sergio Ramos, Ramón Sánchez Pizjuán, Sevilla e Real Madrid voltam a se encontrar neste domingo. As equipes fazem confronto direto pela liderança do Campeonato Espanhol, às 17h45 (de Brasília). <b>O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.



COM INFORMAÇÕES DO G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário