quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

FUTEBOL - Corinthians ainda aguarda resposta, mas está pessimista sobre Drogba

Didier Drogba (Foto: Vaughn Ridley / Getty Images)
A confiança na contratação não é mais a mesma da semana passada, mas o Corinthians ainda espera uma resposta de Didier Drogba. A intenção da diretoria é ter uma decisão positiva ou negativa da negociação até sexta-feira.
Hoje, a contratação do veterano artilheiro é considerada bastante difícil pelos dirigentes. Eles alegam que o marfinense, de 38 anos,
tem ofertas mais vantajosas financeiramente do Olympique de Marselha, da França, e do Montreal Impact, do Canadá.
Apesar disso, o Corinthians ainda não desistiu e aguarda por um contato dos representantes de Drogba. O clube não descarta subir um pouco a proposta, mas sem fazer loucuras que possam comprometer ainda mais o caixa. O salário dele ficaria entre R$ 400 e R$ 500 mil, valor semelhante ao que Cristian e Jô recebem atualmente.
A diretoria do Corinthians está preocupada também com a euforia da torcida. Os dirigentes temem que a enorme expectativa criada nos últimos dias se transforme em revolta por conta da demora. Mesmo assim, nenhum dirigente do clube deve se pronunciar até que o assunto esteja encerrado.
Pessoas próximas à diretoria corintiana já se mostram pessimistas sobre contratação. As declarações do diretor de futebol Flávio Adauto nos últimos dias minimizaram o clima ruim por conta do interesse, mas não esconderam o descontentamento pela falta de comunicação entre os departamentos.
O marketing e o presidente Roberto de Andrade tratam a contratação de Drogba como fundamental para 2017. O clube acredita que poderia alavancar as receitas. Já o dirigente encara o acerto como a chance de amenizar a crise política em virtude do processo de impeachment e diminuir as críticas da torcida em seu último ano de mandato.



COM INFORMAÇÕES DO G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário