domingo, 4 de dezembro de 2016

ESPANHOL - Real arranca empate no fim contra o Barça e mantém distância na tabela

Não chegou a ser um jogo brilhante e com a qualidade que se espera de um clássico entre Barcelona e Real Madrid no Camp Nou. Mas teve emoção na reta final. Sem jogadas vistosas e empolgantes dos dois lados, veio um justo empate em 1 a 1 em dois gols de cabeça, que
vieram após cobranças de faltas. Suárez fez o dos catalães, enquanto Sergio Ramos marcou o dos Merengues. O Real chega agora a 35 jogos invicto e segue na boa na liderança do Campeonato Espanhol. A partida contou ainda com homenagem à Chapecoense, com um minuto de silêncio em que os jogadores ficaram lado a lado.
Com o resultado, o Real Madrid chega aos 34 pontos e mantém a diferença de seis para cima do Barcelona, que tem 28, um a mais que o Sevilla, que perdeu na rodada para o Granada. O Atlético de Madrid, com 24, é o quarto e recebe o Espanyol ainda neste sábado. Na próxima rodada, o Barça visita o Osasuna, enquanto o Real recebe o La Coruña.

O jogo começou bastante pegado. Ninguém conseguia ficar muito com a bola nos pés. Ou tentava se livrar logo, ou era desarmado. A primeira chance foi com Sergi Roberto, que chutou em cima de Sergio Ramos, e ficou pedindo pênalti em um possível toque de mão. O Real Madrid também pediu uma penalidade em dividida dura entre Mascherano e Lucas Vazquez, mas seguiu a partida.

Sem Iniesta, o Barcelona tinha André Gomes. O português até buscava, mas pouco aparecia, e o time sofria para criar e fazer as transições. O Real Madrid também tinha um desfalque ofensivo importante. Sem Bale e também com as ausências de Kroos e Casemiro, Isco e Vazques entraram, e os Merengues se encaixaram com mais rapidez. Na reta final até teve duas chances em sequência, mas nada que assustasse, e o jogo foi para o intervalo sem gols.

Na volta para o intervalo, o Barcelona continuava com dificuldades em sair para o ataque. Mas conseguia segurar mais bola, e aos poucos se aproximava da área. E acabou conseguindo gol em lance de bola parada. Falta na lateral da área, Neymar cobrou pelo alto, Suárez ganhou de Varane na marcação e fez.

O Real tentou apertar o ritmo. Criou boa chance com Benzema ficando na cara do gol. Mas Alba foi preciso no desarme. Luis Enrique, então, tirou Rakitic e colocou Iniesta, para ver se conseguia, enfim, ganhar o meio-campo. Dava certo, e Zidane respondeu colocando Casemiro no lugar de Isco, para soltar Kovacic.

Na sequência, Neymar quase fez um golaço. Recebe na lateral da área, limpou Carvajal como bem entendeu e ficou na cara de Navas. Mas isolou. Outra grande chance veio com Messi, após lindo passe de Iniesta. Foi ao lado da trave. O Real ainda tentou uma pressão final, colocou Asensio, Mariano Díaz. CR7 teve chance em cabeceio. Mas Zizou acabou sendo premiado.

Aos 44 minutos, o Real devolveu o gol na mesma moeda. Falta cobrada por Modric na área pelo lado, Sergio Ramos, especialista em fazer gols importantes, subiu e cabeceou para o gol. No fim, lance incrível para o Barcelona após trapalhadas de Navas, e Casemiro acabou salvando.

FICHA TÉCNICA
BARCELONA 1X1 REAL MADRID

Local: Camp Nou
Data-hora: 03/12/2016, às 13h15 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Clos Gomez
Público: 98.485 presentes

Gols: Suárez (7/2ºT), Sergio Ramos (44'/2ºT)

Cartões amarelos: Neymar (FCB), Suárez (FCB), Busquets (FCB), Mascherano (FCB), Isco (REA), Carvajal (REA)
Cartões vermelhos: Não houve

BARCELONA: Ter Stegen, Sergi Roberto, Mascherano, Piqué e Jordi Alba; Busquets, Rakitic (Iniesta, 14'/2ºT) e André Gomes (Arda Turan, 31/2ºT); Messi, Neymar (Denis Suárez, 43'/2ºT) e Suárez. Técnico: Luis Enrique
REAL MADRID: Navas, Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Kovacic (Mariano Díaz, 43/'2ºT), Modric, Isco (Casemiro (21/2ºT) e Vazquez; Cristiano Ronaldo e Benzema (Asensio, 31/2ºT). Técnico: Zinedine Zidane


COM INFORMAÇÕES O POVO
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário