sábado, 26 de novembro de 2016

SÉRIE B - A um ponto do sonho: Bahia encara o Atlético-GO para voltar à elite nacional

Há pouco mais de seis meses, 20 equipes iniciavam uma corrida na Série B em busca de um sonho: estar, ao fim da competição, entre os quatro melhores. Muita coisa aconteceu, uma gangorra danada, um sobe e desce, até que, enfim, chegamos à derradeira rodada com Atlético-GO e Avaí garantidos na elite, e outros três times brigando por duas vagas. Terceiro colocado, o Bahia só depende de si, mas não pode vacilar porque tem Vasco e Náutico no seu encalço. O Tricolor encara justo o Atlético-GO, campeão da Segundona, neste sábado, às 16h30 (horário de Salvador), no estádio Olímpico, em Goiânia.  Das três equipes que brigam pelas vagas restantes na Série A, a situação do Bahia é a mais confortável, pois é a única que depende apenas de um empate para concretizar o acesso. Em caso de derrota, torce por tropeço do Náutico ou Vasco. A única combinação que tira o doce da boca dos tricolores é a seguinte: derrota para o Dragão e triunfos do Vasco sobre o Ceará e do Náutico sobre o acesso. Cariocas e pernambucanos jogam em casa, é bom lembrar.  
O acesso no sábado, se acontecer, premia uma equipe instável, que passou por altos e baixos durante o torneio. Começou mal, acumulou fiascos, demitiu treinador, mas foi competente para reverter o quadro com a chegada de Guto Ferreira e alguns reforços. Teve um rendimento ruim como visitante, mas em casa é o time de melhor campanha da Série B. Sofreu em diversos jogos, mas conseguiu uma arrancada no fim e já soma oito rodadas sem perder. 
O Bahia tem números que chamam a atenção na Segundona. Tem o segundo melhor ataque da competição, com 56 gols marcados, atrás apenas do Atlético-GO, que tem 58. Tem a segundo melhor defesa, vazada apenas 32 duas vezes, atrás do Londrina, que levou três gols a menos. Tem o melhor saldo de gols, ao lado do Dragão: 24. Hernane é o artilheiro da equipe e o quarto maior goleador do certame (junto a outros quatro atacantes), com 11 tentos marcados.  
Há certo clima de suspense no enredo tricolor. Principal jogador da equipe na temporada, Juninho passou a semana tratando de entorses no joelho e tornozelo, na tentativa de entrar em campo no sábado. Ele até foi relacionado, mas sua participação no duelo é uma incógnita. Como não participou dos treinamentos com o grupo, é difícil que o volante entre em campo. 
O Bahia deve jogar, então, dessa forma: Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés; Luiz Antônio, Renê Júnior e Régis; Edigar Junio, Bruno Rangel e Hernane Brocador. 
O JOGO
Atlético-GO x Bahia, 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Olímpico, Goiânia;
Horário: 16h30 (de Salvador);
Time provável: Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés; Renê Junior, Luiz Antônio e Régis; Edigar Junio, Victor Rangel e Hernane.
Desfalques: Misael, com lesão muscular de grau 2 na coxa; 
Arbitragem: Bráulio da Silva Machado (SC) apita o jogo, auxiliado por Kleber Lúcio Gil (SC) e Rogério Pablos Zanardo (SP).

LISTA DE RELACIONADOS:
Goleiros: Anderson, Jean e Muriel;
Laterais: Eduardo, João Paulo, Moisés e Tinga;
Zagueiros: Éder, Gustavo, Jackson, Lucas Fonseca e Tiago; 
Volantes: Feijão, Juninho, Luiz Antonio e Renê Júnior;
Meias: Régis e Renato Cajá;
Atacantes: Allano, Edigar Junio, Hernane, Mario, Victor Rangel e Wesley Natã.



COM INFORMAÇÕES G1
FONE: 34121595 FIXO - (88) 9-92.026.830 CLARO (88) -98602540 9 TIM
JORNAL CENTRAL  QUIXADÁ . NO  QUE É WATSAPP 88 - 9 - 96331144
POSTADA  POR GOMES SILVEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário